Marcadores:

'Olé' diz que Maradona está fora, e Bianchi surge como candidato

Um dia após a reunião de Diego Maradona com o presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), Julio Grondona, o jornal "Olé" afirma nesta terça-feira que o Pibe não será mais técnico da seleção argentina.

A possível saída do ex-camisa 10 fez a imprensa local especular sobre vários nomes que podem assumir o comando. O favorito para os jornais é Carlos Bianchi, que fez sucesso no Boca Juniors e já passou por times como Roma, Paris Saint-Germain e Atlético de Madri. Porém, pesa contra ele o fato de ter um relacionamento ruim com Grondona.

Com uma foto de Diego na capa, o "Olé" diz que o presidente da AFA fez uma proposta que "Diego não poderia aceitar e este é o final de Maradona como técnico da seleção". Recentemente, o Pibe disse que só continuaria no cargo se a comissão técnica não fosse desfeita. Ou seja, o ex-camisa 10 queria a garantia que seus amigos Alejandro Mancuso e Hector Enrique continuariam como auxiliares. Além disso, Maradona pedia a contratação do ex-zagueiro Oscar Ruggeri, o que sempre foi negado por Grondona.

Na segunda-feira, Diego se reuniu por duas horas com o presidente da AFA, mas a federação afirmou que o futuro do treinador só deverá ser revelado na noite desta terça.

Imprensa faz lista de vários técnicos para o cargo de Maradona

Entre os treinadores cotados pelos jornais também está Alejandro Sabella, atual técnico do Estudiantes de La Plata e campeão da Taça Libertadores de 2009. O ex-volante Diego Simeone, que disputou mais de cem partidas pela seleção, e que já treinou grandes clubes locais, como River Plate e San Lorenzo, é outro nome na lista.

Sergio Batista, que comanda o time sub-20 do país e foi campeão olímpico de 2008, em Pequim, foi especulado, mas disse ao jornal "La Nación" que "se Diego (Maradona) está bem, deve seguir". Mesmo assim, Batista deve ser o escolhido pela AFA para dirigir a seleção no amistoso com a Irlanda, dia 11 de agosto, caso um novo técnico não seja contratado.

Em uma enquete realizada pelo "Olé", 40% de 100 mil leitores preferem a contratação de Bianchi, que também era o favorito da torcida em 2004, 2006 e 2008. Ramón Diaz e Sabella aparecem em seguida, com 12% e 10%.

0 comentários:

Postar um comentário