Marcadores:

Com dois gols de Michel Bastos, Lyon derrota o Hapoel Tel Aviv por 3 x 1 fora de casa

Apesar da péssima campanha no Campeonato Francês, onde ocupa a antepenúltima colocação, com cinco pontos, o desempenho do Lyon na Liga dos Campeões não deixa a desejar em nada. Com dois gols do brasileiro Michel Bastos - um deles uma pintura -, os franceses derrotaram o Hapoel Tel Aviv por 3 a 1, no estádio Bloomfield, em Israel, nesta quarta-feira, e alcançaram a segunda vitória na competição, mantendo 100% de aproveitamento. Na outra partida válida pelo Grupo B, o Schalke arrancou seu primeiro triunfo no torneio, ao bater o Benfica por 2 a 0, na Arena AufSchalke, em Gelsenkirchen.

A vitória dá ao Lyon, que venceu o Schalke por 1 a 0 na estreia, a liderança do Grupo B. O time alemão, por sua vez, se recupera da derrota na primeira rodada, chega aos três pontos e passa o Benfica no saldo de gols. Já o Hapoel segue na lanterna do grupo, sem nenhum ponto marcado.

Além do meia que disputou a última Copa do Mundo, o defensor Douglas da Silva também participou do duelo em Tel Aviv, defendendo as cores do Hapoel. No outro jogo do grupo, o Schalke, que contou com Huntelaar, Raúl e Metzelder, não teve brasileiros em campo. Já David Luiz e Luisão formaram a dupla de zaga do time português, enquanto o ex-vascaíno Alan Kardec entrou na segunda etapa.

Os franceses não se intimidaram com o fato de jogar fora de casa e saíram na frente logo aos sete minutos. O capitão da equipe israelense, Badier, derrubou Briand na área e não teve jeito: pênalti para o Lyon. Michel Bastos foi para a cobrança e converteu, abrindo o placar para os visitantes.

O segundo gol do time francês saiu novamente dos pés do meia brasileiro, que anotou uma verdadeira pintura aos 36. Após escanteio cobrado pela direita, a defesa do time israelense afastou parcialmente, e a bola sobrou para Michel Bastos, na entrada da área. O camisa 11 do Lyon acertou um lindo chute de esquerda, que foi morrer no ângulo esquerdo de Enyeama.

Na sequência da primeira etapa, os donos da casa tentaram ainda buscar o gol adversário, mas esbarraram na má pontaria, e o Lyon saiu para o intervalo com uma boa vantagem no marcador.
O Hapoel, enfim, conseguiu balançar as redes aos nove da etapa final. O juiz, no entanto, viu toque de mão de Shechter no lance e anulou o gol corretamente. Quando a partida já se encaminhava para o encerramento, os donos da casa conseguiram um pênalti após um agarra-agarra na área do Lyon, e o árbitro marcou a infração da defesa francesa. O goleiro Enyeama foi para a cobrança e só deslocou Lloris para diminuir o marcador.

Quase no apito final, o Lyon ainda teve tempo de fazer o terceiro, com Pjanic, que aproveitou bola confusa na defesa para empurrar para o fundo das redes e dar números finais ao jogo: 3 a 1.

0 comentários:

Postar um comentário