Marcadores:

Eto’o dá show, e Inter de Milão goleia por 4 x 0 o Werder Bremem na estreia de Coutinho como titular

Foi uma noite daquelas de Samuel Eto’o. O atacante camaronês assumiu de vez o papel de protagonista do Inter de Milão na temporada ao dar show e garantir a goleada de 4 a 0 sobre o Werder Bremen, nesta quarta-feira, no Giuseppe Meazza, em Milão, pela segunda rodada do Grupo A da Liga dos Campeões. Foram três gols e passe para o outro, de Sneijder, no jogo que marcou a estreia de Philippe Coutinho como titular em partidas oficiais. Do outro lado, Wesley, ex-Santos, também começou jogando.

Sem Diego Milito e Pandev, o ex-vascaíno recebeu a chance e aproveitou. Desperdiçou duas boas oportunidades, mas se movimentou e abriu opções para o ataque interista, centralizado em Eto'o que, de tão orgulhoso, foi "fotografar" os seus feitos na comemoração do quarto gol. já são 11 gols em nove jogos na temporada.

O resultado coloca os nerazzurri na liderança da chave, com quatro pontos e um saldo positivo de quatro gols. Mas foi por pouco, porque o Tottenham também goleou na outra partida do grupo: 4 a 1 no Twente, ficando abaixo somente no critério de saldo de gols.

Na próxima rodada, no dia 20, o Internazionale disputará a ponta diretamente contra os ingleses, em casa. Antes, no entanto, a equipe do técnico Rafael Benítez joga o clássico contra o Juventus, domingo, pelo Campeonato Italiano, em Milão. Os alemães, que enfrentam o Twente pela Champions, na Holanda, visitam o Bayer Leverkusen pelo campeonato local.

Eto’o simplesmente avassalador
Se na última temporada Eto’o se satisfez em ser apenas um ótimo coadjuvante de Diego Milito, o camaronês avisou da melhor forma que as coisas serão diferentes agora. Foram dois gols e uma atuação brilhante na primeira etapa. Quase exclusivamente por ele, o Inter de Milão saiu de campo em 45 minutos comemorando mais três pontos na chave.

O fator sorte também ajudou. O Werder Bremen começou melhor e perdeu duas ótimas chances de cara, ambas com Hugo Almeida. Na primeira, inclusive, contando com uma saída precipitada do gol de Julio Cesar.

O domínio interista passou a ser claro quando Philippe Coutinho desperdiçou ótima chance, de cabeça, aos sete. No minuto seguinte, o jovem meia deu lindo passe para Sneijder, que não aproveitou, mas se redimiu na sequência. Aos 21, o holandês acelerou para Eto’o e viu o atacante tocar na saída de Wiese: 1 a 0. O segundo saiu aos 26. Ao invés de sair jogando como de costume, Lucio deu grande lançamento, novamente para o artilheiro. Com a classe que nunca lhe faltou, Eto’o dominou de primeira com suas chuteiras verde-amarelas e concluiu sem chances de defesa: 2 a 0.

Eto’o estava impossível e também queria ser garçom. Aos 29, o camaronês recebeu na entrada da área e apenas rolou para Stankovic. O sérvio pegou bem na bola e quase encobriu Wiese, que se esticou todo. O atacante cumpriu o seu objetivo aos 33: ótimo passe por trás da zaga para Sneijder. Candidato ao prêmio de melhor do mundo em dezembro, o camisa 10 dessa vez aproveitou: 3 a 0.

Julio Cesar e Lucio são substituídos
As principais notícias do segundo tempo foram as substituições de Julio Cesar e Lucio. O goleiro deixou o time no intervalo sem nenhuma confirmação de lesão. Já o zagueiro saiu aos 15 minutos após dividida com Arnautovic, aparentemente com o joelho machucado. Antes, outros brasileiros apareceram bem. Aos seis, Wesley, atuando mais avançado na segunda etapa, chutou para a defesa de Castelazzi. No minuto seguinte, foi a vez de Coutinho perder boa chance. O brasileiro se livrou da marcação com um simples movimento de corpo e bateu com força, no meio do gol. Wiese espalmou.

Com o resultado definido, o Inter passou a levar o jogo sob o seu ritmo. Depois de um primeiro tempo excelente, não havia nem a necessidade de se esforçar. Até porque o Werder, sem forças, praticamente não ameaçava. Faltou avisar a Eto’o. Aos 36, o atacante disparou em velocidade após passe de Sneijder, driblou o goleiro e mandou para o fundo do gol. Na comemoração, o jogador pegou uma câmera fotográfica e registrou mais um momento de uma noite especial. Não bastaria ficar na memória.

0 comentários:

Postar um comentário