Marcadores:

Com autoridade, Cruzeiro emperra a evolução do Atlético-GO: 3 a 0

0 comentários

O Cruzeiro não tomou conhecimento da evolução do Atlético-GO, que vinha de duas vitórias seguidas, e se recuperou da derrota sofrida para o Santos, ao vencer por 3 a 0, na Arena do Jacaré. A diferença entre as duas equipes na tabela de classificação se refletiu em campo. A maior qualidade do Cruzeiro contrastou com o fraco futebol do Dragão, que se preocupou apenas em se defender.

A Raposa chegou aos 47 pontos e encostou nos líderes. Já o Atlético-GO permanece na zona de rebaixamento, na 17ª colocação, com 26 pontos.

Marcadores:

Atlético-PR passa pelo Vitória e vive sonho de uma vaga na Libertadores

0 comentários

Do risco de um possível rebaixamento ao sonho de uma das vagas na Taça Libertadores da América. Essa é a vida do Atlético-PR, que segue surpreendendo muita gente e não sabe o que ser derrotado há cinco rodadas no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, a equipe conquistou mais um importante resultado superando o Vitória por 1 a 0, na Arena da Baixada. O bom retrospecto em casa (venceu oito vezes em 14 jogos) ajudou os paranaenses a ficarem ainda mais próximos dos primeiros colocados na tabela de classificação.

Como mandante, o Furacão venceu oito vezes, empatou quatro e perdeu apenas uma vez. Com o resultado, o time chegou aos 41 pontos na classificação ficando seis atrás do G-3 na 5ª colocação. Já a equipe do Vitória, em 13°, se manteve com 31 e volta a se preocupar com a zona do rebaixamento.

Marcadores:

Prudente dá show, vence Guarani e ganha fôlego na luta contra degola

0 comentários

Nem parecia que o time de uniforme vermelho em campo era o lanterna - disparado - do Campeonato Brasileiro e não vencia há dez rodadas na competição. Nesta quarta-feira, o Grêmio Prudente deu um tempo na crise, jogou futebol de encher os olhos e fez 4 a 2 no Guarani, com facilidade impressionante para um time que estava completamente perdido até o último fim de semana. Na 26ª rodada da competição, a equipe se agarra a um fio de esperança para se salvar do rebaixamento.

O resultado mantém o time na lanterna, mas agora com 20 pontos e já um pouco mais próximo dos rivais. O técnico interino Fábio Giuntini estreou com o pé direito em meio a uma turbulência marcada pelo pedido de demissão de Marcelo Rospide. A última vitória havia sido contra o Goiás, em 21 de agosto.

O Guarani, que venceu o Vasco na rodada passada, deu uma freada em sua reação e permanece com 33 pontos na tabela. A equipe não vence longe do Brinco de Ouro há dez jogos.

Marcadores:

Deivid impede derrota para o Goiás no fim, mas crise não deixa o Fla

0 comentários

Os torcedores do Flamengo saíram do Serra Dourada na noite desta terça-feira fazendo festa, dizendo que o Goiás vai para a Segunda Divisão. Mas, o placar de 1 a 1 indica que os dois times seguem muito ameaçados pelo rebaixamento. A comemoração dos rubro-negros explica-se pelo fato de Deivid ter empatado a partida aos 45 minutos do segundo tempo. Jean havia marcado contra, a favor dos donos da casa, aos dois da etapa final.

O gol do atacante fez com que o Fla passasse o Avaí na tabela, indo a 29 pontos, na 15ª colocação - o time de Florianópolis enfrenta o líder Fluminense nesta quarta. O Goiás está em situação mais delicada, com 25 pontos, na 18ª posição após 26 rodadas do Brasileirão.

Marcadores:

Vasco bate o Santos na Colina e desencanta após seis partidas

0 comentários

Depois de seis partidas sem saber o gosto da vitória, o Vasco fez 3 a 1 no Santos, nesta terça-feira, em São Januário, e voltou a dar alegria aos seus torcedores na 26ª rodada. Com o resultado, a equipe da Colina chega a 33 pontos no Campeonato Brasileiro e está em 12º lugar, com um jogo a menos. Os gols foram marcados por Fágner, Felipe e Eder Luis. Danilo descontou para os paulistas. O Peixe não esteve em uma noite inspirada, assim como Neymar, que pouco conseguiu criar, e permanece com 38, na sexta posição.

Marcadores:

RESULTADOS DA 25ª RODADA (2010)

0 comentários

Ponte Preta 2X2 Coritiba


Náutico 1X2 São Caetano

Brasiliense 0X4 Bragantino

Bahia 2X4 Icasa

Santo André 0X0 Vila Nova

ASA 1X2 Figueirense

América-MG 2X3 Portuguesa

América-RN 2X1 Duque de Caxias

Paraná 0X2 Sport

Guaratinguetá 2X1 Ipatinga

Marcadores:

Gilberto Silva é expulso, Copenhague vence por 2 x 0 na Grécia e lidera o Grupo D

0 comentários



Com direito a expulsão do capitão Gilberto Silva, o Panathinaikos foi derrotado nesta quarta-feira pela segunda vez no Grupo D da Liga dos Campeões: em casa, a equipe grega perdeu de 2 a 0 para o FC Copenhague, que termina a rodada como líder da chave.

Mais cedo, Barcelona e Rubin Kazan empataram em 1 a 1. Assim, o time dinamarquês lidera com seis pontos, contra quatro da equipe espanhola. Os russos estão com um, enquanto o Panathinaikos ainda não pontuou (derrota de 5 a 1 para o Barça na estreia).

Gilberto Silva levou o primeiro cartão amarelo com 36 minutos de jogo, por falta em N'Doye. Na cobrança, Vingaard, um minuto depois, fez o segundo gol do Copenhague com um chute forte. O 1 a 0 foi de N'Doye, aos 28, tocando na saída do goleiro Tzorvas de fora da área.

Na etapa final, o volante brasileiro colocou a mão na bola e foi expulso pelo árbitro William Collum logo com três minutos. Na próxima rodada, dia 20, o Panathinaikos visita o Rubin Kazan. Na mesma dat, o Barcelona recebe os dinamarqueses.

Confira a segunda rodada completa:

Terça-feira

GRUPO E
Basel 1 x 2 Bayern Munique
Roma 2 x 1 Cluj

GRUPO F
Spartak de Moscou 3 x 0 Zilina
Chelsea 2 x 0 Olympique de Marselha

GRUPO G
Auxerre 0 x 1 Real Madrid
Ajax 1 x 1 Milan

GRUPO H
Partiza 1 x 3 Arsenal
Braga 0 x 3 Shakhtar Donetsk

Quarta-feira

GRUPO A
Inter de Milão 4 x 0 Werder Bremen
Tottenham 4 x 1 Twente

GRUPO B
Schalke 04 2 x 0 Benfica
Hapoel Tel Aviv 1 x 3 Lyon

GRUPO C
Valencia 0 x 1 Manchester United
Rangers 1 x 0 Bursaspor

GRUPO D
Rubin Kazan 1 x 1 Barcelona
Panathinaikos 0 x 2 Copenhague

Marcadores:

Com Messi a meia boca, Barcelona só empata por 1 x 1 com a 'pedra' Rubin Kazan

0 comentários

O Rubin Kazan continua sendo uma pedra no sapato do Barcelona. Depois de não perder para os catalães na temporada passada em duas oportunidades, o time russo manteve o tabu e, nesta quarta-feira, empatou em casa por 1 a 1 pela segunda rodada do Grupo D da Liga dos Campeões.
Com o resultado, o Barça, que só teve Messi a meia boca durante parte do segundo tempo, chegou aos quatro pontos na liderança da chave. O Rubin está em terceiro, com dois. Mais tarde, o Copenhague, segundo colocado com três, visita o lanterna Panathinaikos em Atenas. Os gregos serão os próximos adversários da equipe da antiga URSS, no próximo dia 20, em Atenas, enquanto, no mesmo dia, o Barça receberá o time dinamarquês

Argentino por argentino
Recuperado de uma entorse no tornozelo direito, mas ainda sem totais condições físicas, Lionel Messi começou a partida no banco de reservas. E, no seu lugar, o técnico Pep Guardiola escalou outro argentino: o volante Mascherano. Com a entrada do ex-corintiano, o treinador adiantou o meia Iniesta para o ataque ao lado de Pedro e Villa.

Como era esperado, o Rubin, mesmo atuando em casa, no estádio Centralni, entrou disposto a explorar os contra-ataques, se entrincheirando na defesa.

E não demorou para o Barça criar a primeira boa oportunidade. Aos 12, Villa deixou Pedro na cara do gol. O jovem atacante espanhol chutou forte, e a bola explodiu no travessão. Aos 25, foi a vez de Villa receber lançamento pela esquerda e chutar com perigo à meta do goleiro Ryzhikov.

Daniel Alves comete pênalti
Na primeira chegada com mais perigo, o Rubin acabou abrindo o placar. Kaleshin foi lançado e penetrou na área. Atrasado na jogada, Daniel Alves derrubou o adversário, e o árbitro turco Cüneyt Çakir assinalou pênalti. Na cobrança, o equatoriano Noboa bateu forte e, mesmo com Valdés tocando na bola, inaugurou o marcador aos 30 minutos.

O gol sofrido não mudou em nada o ritmo do Barcelona, que continuou com o seu velho estilo de muitos passes. Embora tivesse total domínio da partida (em média, no primeiro tempo, teve 75% de posse de bola), o clube catalão só conseguiu criar mais uma chance perigosa antes do intervalo: após cruzamento do lado direito, Villa, dentro da área, ajeitou de cabeça para Pedro pegar de primeira para fora.

Na etapa final, o Rubin manteve a retranca do primeiro tempo. No entanto, só conseguiu resistir por 13 minutos. Em jogada individual, Iniesta partiu para cima de dois defensores e acabou sendo derrubado na área. Pênalti. Villa bateu e igualou a partida.

Messi entra, Barça pressiona
Disposto a vencer a partida, Guardiola sacou Mascherano logo após o empate e colocou Lionel Messi. Com o argentino na frente e Iniesta de volta à armação das jogadas, o Barça sufocou ainda mais o Rubin Kazan, que teve o brasileiro Carlos Eduardo, ex-Grêmio, no banco de reservas.

No entanto, apesar da pressão, os espanhóis não conseguiram furar o bloqueio e amargaram mais um tropeço diante da equipe russa que, nos minutos finais, quase marcou o segundo gol com o nigeriano Oba Oba Martins.

Marcadores:

Sem Rooney, Chicharito garante vitória do Manchester por 1 x 0 fora de casa

0 comentários

O Manchester não contou com sua principal estrela: o atacante Rooney se recupera de uma lesão no tornozelo e ficou fora do jogo. Mas teve o mexicano Javier 'Chicharito' Hernández para garantir a sua primeira vitória no Grupo C da Liga dos Campeões 2010/2011. O jogador marcou o gol salvador aos 40 minutos do segundo tempo. O United ainda contou em campo com os brasileiros Rafael e Anderson.

Com o resultado, a equipe de Alex Ferguson pulou para quatro pontos ao lado do Rangers. O Valencia ficou com três, e o Bursaspor, da Turquia, segue sem ponto.

Primeiro tempo em branco
O jogo começou morno. Só a partir dos 15 minutos as equipes foram ao ataque. Atuando em casa, o Valencia chegou primeiro com perigo e quase abriu o placar. Após levantamento na área, o goleiro Van der Sar não conseguiu interceptar a bola, que sobrou para Soldado. O camisa 9 da equipe espanhola, de frente para o gol, testou para fora. O Manchester deu logo o troco. O português Nani cruzou na área, o brasileiro Anderson tentou de cabeça, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Sem Rooney, o time inglês não tinha velocidade na saída de bola do meio para frente, e buscava jogadas pelas laterais com os avanços de Park Ji-Sung e Nani, quase todas sem sucesso.

O Valencia começou encontrar espaços na defesa britânica e fazia todas as jogadas com os laterais. Em boa descida pela direita, Miguel enfiou na medida para Pablo Hernández, que passou pela marcação de Evra e bateu rasteiro para a área. A bola passou na cara do gol, e ninguém do time da casa apareceu para completar.

Valencia pressiona, mas Chicharito garante vitória do Manchester
Como no primeiro tempo, o Valencia começou em cima na etapa final. Aos três minutos, Pablo Hernández fez boa jogada pela direita, passou pela marcação e chutou cruzado em direção ao gol de Van der Sar, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O Valencia adiantou sua linha marcação e dificultou a saída de bola dos ingleses. Porém, os donos da casa davam espaços para o contra-ataque dos Diabos Vermelhos. Berbatov fez ótima jogada pela esquerda, invadiu a área e bateu na saída do goleiro César Sánchez, que salvou com as pernas.

Aos 34 minutos, a torcida do Manchester respirou aliviada. Albelda jogou na pequena área, Soldado tentou de cabeça, mas não alcançou a bola, que passou raspando o poste esquerdo de Van der Sar.

Aos 39 minutos, o Manchester 'Chicharito', que acertou a trave.

Um minuto depois, saiu o gol dos Diabos Vermelhos. 'Chicharito' recebeu passe de Macheda na entrada da área e bateu com categoria.

O Valencia tentou pressionar, mas a defesa inglesa se segurou até o apito final.

Após o duelo, o lateral-direito Rafael disse que, por conta de um pedido de Alex Ferguson, atuou mais defensivamente na partida e fez questão de lembrar a importância dos três pontos.

- Alex Ferguson conversou bastante comigo antes do jogo e me pediu bastante atenção com Juan Mata, pois ele cai bastante pelo meu lado. Felizmente consegui ajudar na marcação e, com isso, Nani pôde apoiar com mais força nosso ataque. Estou feliz pela vitória, principalmente contra um time forte e fora de casa. Agora é dar sequência ao bom trabalho que venho realizando.

Rangers bate time turco por 1 x 0
Jogando em casa, o Rangers venceu por 1 a 0 o Bursaspor, da Turquia, nesta quarta-feira, no Ibrox Stadium, em Glasgow, na Escócia. O único gol da partida saiu aos 18 minutos do primeiro tempo com Steven Naismith.

Com o resultado, o Rangers chega aos quatro pontos ao lado do Manchester. O time escocês enfrenta na próxima rodada o Valencia, em casa.

Marcadores:

Schalke derrota o Benfica por 2 x 0 dentro de casa

0 comentários

Um dos raros momentos de emoção para os torcedores no primeiro tempo de Schalke e Benfica aconteceu logo aos 9 minutos. Matip aproveitou bola cruzada na pequena área para marcar de cabeça. O árbitro, no entanto, anulou o lance, alegando impedimento corretamente do jogador do time de Gelsenkirchen.

A etapa seguiu se arrastando com poucas chances, até que, aos 41, o Schalke perdeu grande oportunidade. Jurado encontrou Raúl no meio, e o atacante espanhol chutou de primeira, carimbando a trave direita de Roberto. Rakitic ficou com o rebote e finalizou rasteiro, porém o goleiro português se recuperou a tempo de fazer uma grande defesa, salvando sua equipe.

Na segunda etapa, no entanto, não teve jeito, e o time de Gelsenkirchen tirou o zero do placar. César Peixoto desviou parcialmente a bola, que sobrou para Farfán. Sem marcação, o jogador do Schalke finalizou cruzado para abrir o marcador.

Quaso no final, o Schalke ainda ampliou. Aos 40, Raúl se aproveitou de falha de David Luiz e tocou para Jones, que passou para Huntelaar. O atacante holandês finalizar para o fundo do gol, dando números finais à partida em Gelsenkirchen.

Na próxima rodada, o Lyon recebe o Benfica, enquanto o Hapoel vai até a Alemanha para enfrentar o Schalke.

Marcadores:

Com dois gols de Michel Bastos, Lyon derrota o Hapoel Tel Aviv por 3 x 1 fora de casa

0 comentários

Apesar da péssima campanha no Campeonato Francês, onde ocupa a antepenúltima colocação, com cinco pontos, o desempenho do Lyon na Liga dos Campeões não deixa a desejar em nada. Com dois gols do brasileiro Michel Bastos - um deles uma pintura -, os franceses derrotaram o Hapoel Tel Aviv por 3 a 1, no estádio Bloomfield, em Israel, nesta quarta-feira, e alcançaram a segunda vitória na competição, mantendo 100% de aproveitamento. Na outra partida válida pelo Grupo B, o Schalke arrancou seu primeiro triunfo no torneio, ao bater o Benfica por 2 a 0, na Arena AufSchalke, em Gelsenkirchen.

A vitória dá ao Lyon, que venceu o Schalke por 1 a 0 na estreia, a liderança do Grupo B. O time alemão, por sua vez, se recupera da derrota na primeira rodada, chega aos três pontos e passa o Benfica no saldo de gols. Já o Hapoel segue na lanterna do grupo, sem nenhum ponto marcado.

Além do meia que disputou a última Copa do Mundo, o defensor Douglas da Silva também participou do duelo em Tel Aviv, defendendo as cores do Hapoel. No outro jogo do grupo, o Schalke, que contou com Huntelaar, Raúl e Metzelder, não teve brasileiros em campo. Já David Luiz e Luisão formaram a dupla de zaga do time português, enquanto o ex-vascaíno Alan Kardec entrou na segunda etapa.

Os franceses não se intimidaram com o fato de jogar fora de casa e saíram na frente logo aos sete minutos. O capitão da equipe israelense, Badier, derrubou Briand na área e não teve jeito: pênalti para o Lyon. Michel Bastos foi para a cobrança e converteu, abrindo o placar para os visitantes.

O segundo gol do time francês saiu novamente dos pés do meia brasileiro, que anotou uma verdadeira pintura aos 36. Após escanteio cobrado pela direita, a defesa do time israelense afastou parcialmente, e a bola sobrou para Michel Bastos, na entrada da área. O camisa 11 do Lyon acertou um lindo chute de esquerda, que foi morrer no ângulo esquerdo de Enyeama.

Na sequência da primeira etapa, os donos da casa tentaram ainda buscar o gol adversário, mas esbarraram na má pontaria, e o Lyon saiu para o intervalo com uma boa vantagem no marcador.
O Hapoel, enfim, conseguiu balançar as redes aos nove da etapa final. O juiz, no entanto, viu toque de mão de Shechter no lance e anulou o gol corretamente. Quando a partida já se encaminhava para o encerramento, os donos da casa conseguiram um pênalti após um agarra-agarra na área do Lyon, e o árbitro marcou a infração da defesa francesa. O goleiro Enyeama foi para a cobrança e só deslocou Lloris para diminuir o marcador.

Quase no apito final, o Lyon ainda teve tempo de fazer o terceiro, com Pjanic, que aproveitou bola confusa na defesa para empurrar para o fundo das redes e dar números finais ao jogo: 3 a 1.

Marcadores:

Com Gomes de volta, Tottenham goleia o FC Twente por 4 x 1

0 comentários

Recuperado de lesão, o goleiro Gomes voltou ao Tottenham nesta quarta-feira. Deu sorte. Os Spurs golearam o Twente, por 4 a 1, no White Hart Lane, e assumiram a segunda colocação do grupo, com quatro pontos e um saldo positivo de três gols. O russo Pavlyuchenko fez dois. Van der Vaart, que perdeu um pênalti e ainda foi expulso, e Bale completaram para os donos da casa. Chadli descontou para o time do zagueiro brasileiro Douglas.

Marcadores:

Eto’o dá show, e Inter de Milão goleia por 4 x 0 o Werder Bremem na estreia de Coutinho como titular

0 comentários

Foi uma noite daquelas de Samuel Eto’o. O atacante camaronês assumiu de vez o papel de protagonista do Inter de Milão na temporada ao dar show e garantir a goleada de 4 a 0 sobre o Werder Bremen, nesta quarta-feira, no Giuseppe Meazza, em Milão, pela segunda rodada do Grupo A da Liga dos Campeões. Foram três gols e passe para o outro, de Sneijder, no jogo que marcou a estreia de Philippe Coutinho como titular em partidas oficiais. Do outro lado, Wesley, ex-Santos, também começou jogando.

Sem Diego Milito e Pandev, o ex-vascaíno recebeu a chance e aproveitou. Desperdiçou duas boas oportunidades, mas se movimentou e abriu opções para o ataque interista, centralizado em Eto'o que, de tão orgulhoso, foi "fotografar" os seus feitos na comemoração do quarto gol. já são 11 gols em nove jogos na temporada.

O resultado coloca os nerazzurri na liderança da chave, com quatro pontos e um saldo positivo de quatro gols. Mas foi por pouco, porque o Tottenham também goleou na outra partida do grupo: 4 a 1 no Twente, ficando abaixo somente no critério de saldo de gols.

Na próxima rodada, no dia 20, o Internazionale disputará a ponta diretamente contra os ingleses, em casa. Antes, no entanto, a equipe do técnico Rafael Benítez joga o clássico contra o Juventus, domingo, pelo Campeonato Italiano, em Milão. Os alemães, que enfrentam o Twente pela Champions, na Holanda, visitam o Bayer Leverkusen pelo campeonato local.

Eto’o simplesmente avassalador
Se na última temporada Eto’o se satisfez em ser apenas um ótimo coadjuvante de Diego Milito, o camaronês avisou da melhor forma que as coisas serão diferentes agora. Foram dois gols e uma atuação brilhante na primeira etapa. Quase exclusivamente por ele, o Inter de Milão saiu de campo em 45 minutos comemorando mais três pontos na chave.

O fator sorte também ajudou. O Werder Bremen começou melhor e perdeu duas ótimas chances de cara, ambas com Hugo Almeida. Na primeira, inclusive, contando com uma saída precipitada do gol de Julio Cesar.

O domínio interista passou a ser claro quando Philippe Coutinho desperdiçou ótima chance, de cabeça, aos sete. No minuto seguinte, o jovem meia deu lindo passe para Sneijder, que não aproveitou, mas se redimiu na sequência. Aos 21, o holandês acelerou para Eto’o e viu o atacante tocar na saída de Wiese: 1 a 0. O segundo saiu aos 26. Ao invés de sair jogando como de costume, Lucio deu grande lançamento, novamente para o artilheiro. Com a classe que nunca lhe faltou, Eto’o dominou de primeira com suas chuteiras verde-amarelas e concluiu sem chances de defesa: 2 a 0.

Eto’o estava impossível e também queria ser garçom. Aos 29, o camaronês recebeu na entrada da área e apenas rolou para Stankovic. O sérvio pegou bem na bola e quase encobriu Wiese, que se esticou todo. O atacante cumpriu o seu objetivo aos 33: ótimo passe por trás da zaga para Sneijder. Candidato ao prêmio de melhor do mundo em dezembro, o camisa 10 dessa vez aproveitou: 3 a 0.

Julio Cesar e Lucio são substituídos
As principais notícias do segundo tempo foram as substituições de Julio Cesar e Lucio. O goleiro deixou o time no intervalo sem nenhuma confirmação de lesão. Já o zagueiro saiu aos 15 minutos após dividida com Arnautovic, aparentemente com o joelho machucado. Antes, outros brasileiros apareceram bem. Aos seis, Wesley, atuando mais avançado na segunda etapa, chutou para a defesa de Castelazzi. No minuto seguinte, foi a vez de Coutinho perder boa chance. O brasileiro se livrou da marcação com um simples movimento de corpo e bateu com força, no meio do gol. Wiese espalmou.

Com o resultado definido, o Inter passou a levar o jogo sob o seu ritmo. Depois de um primeiro tempo excelente, não havia nem a necessidade de se esforçar. Até porque o Werder, sem forças, praticamente não ameaçava. Faltou avisar a Eto’o. Aos 36, o atacante disparou em velocidade após passe de Sneijder, driblou o goleiro e mandou para o fundo do gol. Na comemoração, o jogador pegou uma câmera fotográfica e registrou mais um momento de uma noite especial. Não bastaria ficar na memória.

Marcadores:

FOTO: Rússia pede apoio ao Brasil para ser sede da Copa de 2018

0 comentários


O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, recebeu nesta terça-feira, na Barra da Tijuca, a visita de uma comitiva de dirigentes russos, que pediu apoio ao Brasil para ser sede da Copa do Mundo de 2018. O brasileiro é um dos 23 votantes do Comitê Executivo da Fifa, que vai divulgar o vencedor no próximo dia 2 de dezembro, na Suíça. Na foto, Teixeira posa com o diretor-geral da candidatura Alexei Sorokin.

Marcadores:

Federação Ganesa indica Felipão como possível técnico da seleção

0 comentários

O técnico Luiz Felipe Scolari está entre os mais cotados para assumir a seleção de Gana, segundo lista da Federação Ganesa de Futebol, em substituição ao sérvio Milovan Rajevac. O treinador brasileiro aparece entre os preferidos, ao lado do espanhol Juande Ramos, que já comandou Sevilla, Tottenham e Real Madri.

De acordo com a agência AFP, Felipão faz parte das pessoas contatadas pela Federação Ganesa para assumir o posto. Campeão mundial com o Brasil em 2002, o treinador já registrou passagens pelo Chelsea, da Inglaterra, e seleção portuguesa. De volta ao Brasil em agosto deste ano, Scolari tem contrato com o Palmeiras até o fim de 2012.

Além de Felipão e Juande Ramos, os ganeses também estariam pensando nos nomes do suíço Lucien Favre, do italiano Gianfranco Zola e do português Humberto Coelho. Marcel Desailly, francês de origem ganesa, também chegou a ser cotado, mas suas pretensões econômicas foram consideradas caras demais.

Marcadores:

Paulo César assinará rescisão com o clube nesta quarta-feira

0 comentários

O lateral Paulo César assinará sua rescisão de contrato com o Grêmio Prudente nesta quarta-feira. O jogador explicou a razão pela qual o clube tomou essa decisão e lamentou o fato de ter recusado uma proposta da Ponte Preta na última semana para disputar a Série B do Campeonato Brasileiro.

- O Prudente me procurou para rescindir alegando que o objetivo é enxugar a folha salarial. Entramos em acordo e assinarei nesta quarta-feira. A Ponte Preta fez uma proposta há pouco tempo e recusei, pois não acho correto abandonar o barco com o time mal. Hoje, lamento não ter aceito o convite - disse PC.

Paulo César chegou ao Grêmio Prudente para a disputa do Campeonato Paulista deste ano, competição onde o time fez bela campanha e foi até a semifinal. Tanto no Paulistão como no Campeonato Brasileiro, PC foi o capitão até a chegada do técnico Marcelo Rospide, que deixou o clube nesta segunda-feira.

Marcadores:

De 'Lula Molusco' ao ostracismo em Brasília: Acosta tenta se reerguer

0 comentários



Este ano, os argentinos são a bola da vez. Conca, Montillo e D'Alessandro disputam com Neymar o status de melhor jogador do Brasileirão 2010. Em 2009, o sérvio Petkovic foi ‘o cara’ no título brasileiro do Flamengo. Ganhou um funk em homenagem, recebeu todas as honrarias possíveis, mas hoje amarga a reserva no Rubro-Negro carioca, que luta para não ser rebaixado para a Série B. O fato prova que, no dinâmico futebol brasileiro, o que é ótimo num dia, pode não servir mais no outro. Em um passado recente, um outro estrangeiro, que anda meio esquecido no cenário nacional, também brilhou intensamente nos gramados do Brasil. O uruguaio Alberto Martín Acosta, ou simplesmente ‘Lula Molusco’ para a torcida do Náutico, comandou o Timbu no Campeonato Brasileiro de 2007.

Naquele ano, destacou-se na Série A, com 19 gols, um a menos que Josiel (Paraná), artilheiro da competição. Na ocasião, o ‘gringo’ foi eleito o melhor atacante e ainda brigou com o goleiro Rogério Ceni pelo prêmio de craque do Brasileirão. Nas últimas três temporadas, no entanto, o futebol do uruguaio desapareceu e, atualmente, Acosta amarga a reserva do Brasiliense, time que luta para não cair para a Série C. A queda foi rápida, mas com muitas histórias pelo caminho. Em janeiro de 2008, ainda como um dos jogadores mais valorizados do futebol brasileiro, choveram propostas na horta do atacante. Seis só da Série A.

- Palmeiras, Santos, São Paulo, Cruzeiro, Flamengo e Fluminense me procuraram. Era só pegar e assinar. Mas acertei com o Corinthians.

No Timão, que passava por uma grande reformulação após o rebaixamento em 2007, Acosta chegou para liderar a equipe na Série B e logo recebeu a camisa 10. O futebol dos tempos de Náutico, porém, não foi visto nos gramados paulistas e logo vieram as primeiras críticas.

- O início foi complicado. Demorei um pouco a me adaptar ao clube.
Mas o pior ainda estava por vir. Em agosto de 2008, em uma partida contra o Criciúma, pela Série B, o uruguaio fraturou a tíbia e ficou afastado dos gramados por oito meses.

- Quando comecei a me acostumar ao clube, sofri uma lesão séria, como nunca havia sofrido na minha carreira. Quando retornei, o Corinthians havia contratado vários jogadores de qualidade para a minha posição (Ronaldo, Souza, Jorge Henrique). Aí complicou.

No retorno aos gramados, Acosta não conseguiu espaço em um time cheio de estrelas, que acabou conquistando o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil no primeiro semestre de 2009. Em maio, por empréstimo, o atacante retornou ao Náutico em busca do futebol perdido, mas as contusões continuaram o atormentando e ele quase não jogou. Pouco aproveitado, retornou ao Corinthians em setembro e voltou ao Timbu em outubro.

- Foram muitas lesões, não conseguia jogar e entrar em forma. No ano passado, foram apenas quatro ou cinco jogos pelo Náutico e o time acabou rebaixado.

Com um salário de mais de R$ 100 mil no Timão, Acosta não teve o contrato renovado e foi liberado no início deste ano. O jogador chegou a ser anunciado como reforço no Oeste, para a disputa do Paulistão, mas o clube não chegou a um acordo com o empresário do jogador. O atacante acabou voltando para o Uruguai para defender seu antigo time, o Cerrito, da segunda divisão. Mas uma proposta do Brasiliense, em julho, o fez retornar ao futebol brasileiro para disputar a Série B.

- Preferi retornar ao Brasil. No Cerrito tudo é muito diferente, o clube é pequeno. Jogávamos para 100, 200 pessoas.

Corintiano roxo
A passagem de Acosta pelo Corinthians foi discreta e não deixou a Fiel com saudades. Em um elenco milionário, o jogador foi deixado de lado e pouco aproveitado. Mesmo assim, não guarda mágoas, e tem um enorme carinho pelo clube.

- Hoje sou corintiano.

O entusiasmo com o Timão começa pela cidade. Acosta adora São Paulo. Mesmo vivendo em Brasília, sua família continua morando na capital paulista, local onde o jogador viverá após se aposentar do futebol. Se no Parque São Jorge a passagem foi discreta como jogador, por outro lado, nos campos da amizade e de títulos, o uruguaio não tem o que reclamar.

- Fiz grandes amigos, como o Alessandro, o Chicão. Até hoje falo com muitos jogadores. Torço muito por eles no Campeonato Brasileiro.

Apesar das poucas oportunidades no clube paulista, Acosta não se cansa de elogiar Mano Menezes, seu treinador na época.

– Um grande cara. Me ajudou muito no Corinthians. Não tenho nada a reclamar. Comemorei muito quando ele foi anunciado na Seleção Brasileira. Vocês estão bem servidos – comentou o atacante, ao mesmo tempo em que alguns colegas do Brasiliense brincavam:

– Estão me falando para pedir ao Mano uma chance para eles na Seleção – contou, aos risos.

Vida nova com Andrade
Completamente adaptado ao futebol brasileiro, Acosta agora convive com Andrade, outro treinador de renome nacional, embora com o perfil completamente diferente do de Mano Menezes. Acosta, porém, vê semelhanças entre os dois.

- São dois técnicos que entendem muito de futebol. Estamos animados com a chegada do Andrade. Acho que ele pode nos tirar dessa fase.

A situação à qual Acosta se refere é a zona de rebaixamento da Série B. Na 17ª colocação, o time candango não vence há três jogos e vem despencando na tabela. Apesar de vários ‘medalhões’ no plantel, como Aloísio Chulapa, Iranildo, Ruy ‘Cabeção’, Jean, Enílton, Fábio Braz, dentre outros, o jogador é duro ao avaliar o momento da equipe.

- O grupo é bom, nos damos bem, mas nome não entra em campo. Temos um grande time no papel, mas não estamos demonstrando isso nos jogos.

Com contrato até o fim de 2011, mas na reserva do Jacaré, Acosta diz entender a situação, mas começa a demonstrar que pode procurar outros rumos no final do ano, após o término da Série B.
- Quero jogar e preciso de oportunidades. Sei que elas virão. Tenho mais um ano de contrato e gosto muito do clube. Mas já recebi três propostas para jogar o Paulistão, que tem uma grande visibilidade. – disse o atacante, que ainda sonha voltar à elite do futebol brasileiro.

– Falo sempre para minha esposa que ainda vou retornar à primeira divisão e defender um grande clube do Brasil.

Aos 33 anos, o jogador ainda não fala em aposentadoria. Pensava em parar daqui a dois anos mas, ultimamente, anda pensando em prolongar a carreira.

- Vou jogar até quando me sentir bem e estiver feliz. Muitos jogadores reclamam da profissão, mas já fui vendedor de frutas durante quatro anos no Uruguai (abandonou o futebol aos 19 anos quando sua mulher engravidou) e sei como é difícil. Jogar futebol é muito bom – disse, aos risos.

Ídolo em Recife
Acosta não esconde o carinho pelo Náutico, onde viveu seu melhor momento na carreira.

– Me sinto um ídolo em Pernambuco. Todos me tratam muito bem e sempre pedem para eu voltar. Fui muito feliz no Náutico.

Outro assunto que arranca sorrisos do atacante é a seleção uruguaia. Mesmo longe das convocações desde o início das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006, o jogador comemora o sucesso de seu país no último Mundial.

- Ninguém esperava por isso no Uruguai. Mas fomos muito bem e até fiquei chateado por não estarmos no final, pois poderíamos ter vencido a Holanda. O time fez bonito e está de parabéns.

De bem com a vida, Acosta só reclama do clima seco em Brasília, onde não chove há quase quatro meses

- Seca a garganta, sangra o nariz. Os dois primeiros meses foram complicados, mas já estou me acostumando – ressalta o uruguaio, que ainda só não se acostumou com a reserva no Brasiliense e vê em Andrade a sua grande chance para voltar a ganhar as manchetes no futebol brasileiro.

Marcadores:

Renato Gaúcho convoca reforços para concentração

0 comentários

Renato Gaúcho convocou 21 jogadores para a concentração gremista, na véspera do confronto com o São Paulo, pela 26ª rodada do Brasileirão 2010. As novidades são os atacantes Júnior Viçosa e Diego, apresentados na última segunda-feira.

Ambos tiveram seus nomes publicados no BID da CBF durante a tarde desta terça. Participaram do treino, e foram chamados pelo treinador. Concorrem, portanto, a um lugar no banco de reservas às 22h de quarta, no Estádio Olímpico.

- Estou muito feliz por esse começo e à disposição do treinador para jogar. Estava atuando com regularidade e treinando normalmente. Por isso, acredito que não me faltará ritmo e estou pronto para jogar. O entrosamento pode demorar alguns dias, até chegar ao ideal, mas em pouco tempo isso será resolvido - comemora Diego.

O Grêmio deve ter Victor; Edilson, Vilson, Rafael Marques e Gilson; Adilson, Lúcio, Roberson e Douglas; Jonas e André Lima.

Confira a lista de convocados por Renato Gaúcho:

Goleiros: Victor e Marcelo Grohe.
Zagueiros: Vilson, Rafael Marques, Paulão, Ozéia, Saimon e Neuton.
Laterais: Edilson, Lúcio e Gilson.
Volantes: Adilson e Willian Magrão.
Meias: Roberson, Douglas e Maylson.
Atacantes: Jonas, André Lima, Diego, Júnior Viçosa e Bergson.

Marcadores:

Exame de imagem confirma estiramento na coxa de Diego Tardelli

0 comentários

O atacante Diego Tardelli passou por exames de imagem na segunda-feira, e a notícia com a divulgação do resultado nesta terça não foi boa para a torcida atleticana. Foi confirmado um estiramento muscular na coxa direita e, com isso, o jogador desfalcará a equipe nas rodadas seguintes. Se já estava fora da próxima partida, diante do Ceará, nesta quinta-feira, no Castelão, Tardelli também não deverá reunir condições de jogo para enfrentar o Atlético-GO e o Corinthians, próximos adversários respectivamente.

Diego Tardelli deixou a partida contra o Grêmio, ainda no primeiro tempo, reclamando de dores musculares. Autor do único gol atleticano, ele viu do banco de reservas a equipe sofrer a 16ª derrota na competição. O departamento médico do clube não informou a previsão para o retorno do jogador. O atacante já teve lesão semelhante neste Brasileirão, mas na coxa esquerda. Na oportunidade, ele precisou de 20 dias para voltar ao time.

Marcadores:

Arsenal garante vitória sobre o Partizan por 3x1 na etapa final

0 comentários

Com o brasileiro Denilson em campo, o Arsenal superou o Partizan, fora de casa. Os ingleses abriram o marcador logo aos 15 minutos. Já dentro da área, o russo Arshavin tabelou com Wilshere, recebeu na frente do goleiro Stojkovic e chutou para colocar a equipe londrina na frente.

Denilson foi um dos protagonistas do lance do empate do Partizan. Aos 32, o volante colocou a mão na bola dentro da área. O brasileiro Cléo cobrou o pênalti: 1 a 1.

Após a partida, o ex-são-paulino garantiu que não teve a intenção.

- Foi bola na mão - disse.

Na etapa final, o Arsenal foi quem teve uma penalidade a seu favor. O zagueiro Jovanovic derrubou Chamakh e ainda foi expulso. Arshavin cobrou, e o goleiro Stojkovic defendeu.

Mas aos 26 não teve jeito. Rosicky cruzou da direita na cabeça de Chamakh. O marroquino tentou duas vezes para recolocar o Arsenal em vantagem. Aos 37, Nasri cobrou escanteio, e o zagueiro Squillaci subiu mais do que os adversários para marcar o terceiro.

O Partizan ainda teve a oportunidade de diminuir o placar em uma outra penalidade cobrada por Cléo. Mas o goleiro Fabianski defendeu e manteve o placar de 3 a 1.

Antes do início da partida, Denilson relatou em seu perfil no Twitter todas as dificuldades vividas pelo elenco do Arsenal no FK Partizan Stadium. De acordo com o volante, os jogadores ficaram sem luz no vestiário e tiveram até dificuldades para trocar de roupa e colocar o uniforme de jogo.

Confira a segunda rodada completa:
Terça-Feira
Grupo E
Basel 1 x 2 Bayern Munique
Roma 2 x 1 Cluj

Grupo F
Spartak de Moscou 3 x 0 Zilina
Chelsea 2 x 0 Olympique de Marselha

Grupo G
Auxerre 0 x 1 Real Madrid
Ajax 1 x 1 Milan

Grupo H
Partizan 1 x 3 Arsenal
Braga 0 x 3 Shakhtar Donetsk

Quarta-feira

Grupo A
Inter de Milão x Werder Bremen
Tottenham x Twente

Grupo B
Schalke 04 x Benfica
Hapoel Tel Aviv x Lyon

Grupo C
Valencia x Manchester United
Rangers x Bursaspor

Grupo D
Rubin Kazan x Barcelona
Panathinaikos x Copenhague

Marcadores:

No duelo de brasucas, dupla Gre-Nal dá vitória ao Shakhtar sobre o Braga

0 comentários

Com dois gols do atacante Luiz Adriano, ex-colorado, e um do ex-gremista Douglas Costa, o Shakhtar Donetsk bateu o Braga por 3 a 0, no Estádio Municipal, em Portugal, pelo Grupo H da Liga dos Campeões. O resultado, no confronto que reuniu 14 brasileiros em campo, manteve os ucranianos com 100% de aproveitamento na chave, seis pontos à frente dos portugueses.

O Braga bem que tentou apagar a goleada sofrida na estreia da Liga dos Campeões para o Arsenal por 6 a 0, em Londres. Mas o poderio do time russo falou mais alto, principalmente pela ótima atuação de Luiz Adriano. Com a vitória, os ucranianos se igualaram ao Arsenal, que venceu o Partizan por 3 a 1, fora de casa.

Na próxima rodada, dia 19, o Shakhtar pega o Arsenal, no Emirates Stadium, em Londres. Já o Braga vai encarar o Partizan, no Estádio Municipal, em Portugal.

Todos os gols da partida em Braga só saíram no segundo tempo. Aos 11, Luiz Adriano abriu o marcador para os ucranianos. O jogador foi lançado dentro da área e tocou na saída do goleiro Felipe, ex-Corinthians. O segundo saiu aos 27. O ex-colorado aproveitou uma ótima jogada do meio-campo do Shakhtar para ampliar o marcador.

No fim do confronto, já com Eduardo da Silva, ex-Arsenal, na vaga de Luiz Adriano, o Shakhtar marcou o terceiro gol. Aos 45 da etapa final, Douglas Costa cobrou pênalti e deu números finais à partida.

Marcadores:

De roxo, Real Madrid bate o Auxerre no padrão de José Mourinho: 1 a 0

0 comentários

O Real Madrid que enfrentou o Auxerre só apresentou novidades na escalação inicial. Com Di Maria e Özil no banco e três volantes em campo, os merengues desperdiçaram chances inacreditáveis que colocariam o técnico José Mourinho numa situação nada confortante diante da exigente crítica espanhola. Mas foi no breve intervalo em que ambos estiveram em campo que o time encontrou a inspiração que lhe faltava. Com passe do alemão e gol do argentino, o Real bateu os franceses por 1 a 0, no Abbe-Deschamps, e conquistou sua segunda vitória em dois jogos pelo Grupo G da Liga dos Campeões. Detalhe: foi a estreia do uniforme roxo, que deverá ser utilizado nos jogos fora de casa pela competição europeia.

Apesar do placar mínimo, o resultado acabou sendo excelente para os merengues, que pularam para a liderança isolada da chave, com seis pontos. O rival Milan empatou por 1 a 1 com o Ajax e foi a quatro pontos.

Na próxima rodada, no dia 19, o Real Madrid faz o embate dos gigantes com o Milan, no Santiago Bernabéu. O Auxerre visita o Ajax na mesma data. Antes, porém, os merengues têm compromisso pelo Campeonato Espanhol - recebem o Deportivo La Coruña no próximo fim de semana.

Real martela, mas não fura
José Mourinho surpreendeu ao ir a campo com três volantes. Uma simples análise apontaria a ausência de um meia como Di María ou Özil como motivo para a falta de gols do Real Madrid no primeiro tempo. Mas o grande vilão merengue, assim como na temporada, foi a própria pontaria. Não à toa a baixíssima média no Espanhol - seis gols em cinco partidas - pode explicar isso. Chances não faltaram.

Foi o Auxerre, no entanto, quem começou atacando. Logo aos três, Casillas saiu atrasado e teve de dividir com Oliech na intermediária. O queniano levou a melhor e só não marcou porque a bola correu além do seu alcance. Dos sete minutos até os 43, o domínio foi praticamente dos merengues. Cristiano Ronaldo, Lass Diarra, Higuaín e Marcelo tiveram oportunidades de colocar os espanhóis em vantagem. As principais delas com o atacante argentino, artilheiro da última edição do Espanhol. Em outra, o craque português simplesmente teve uma de suas piores conclusões da carreira ao isolar a bola em chute de esquerda.

No fim, sob olhares do técnico da seleção francesa, o ex-jogador Laurent Blanc, o Auxerre voltou a ameaçar o goleiro campeão do mundo, com Pedretti e Dudka. Se o Real Madrid, após tanto martelar, não marcou, seria uma injustiça ver os franceses saírem com a vitória parcial.

Di María sai do banco e 'salva' Mourinho
Os merengues voltaram para o segundo tempo com mais dificuldades. Bem marcados e sem muita opção nas alas - Sergio Ramos era zagueiro e Benzema e Higuaín sem intimidade com a função -, os jogadores passaram a centralizar o jogo. Não funcionou para abrir o ferrolho.

Com o tempo, Mourinho pôs Özil e Di María em campo no lugar dos volantes. E o jogo ficou aberto. Se Cristiano Ronaldo não conseguia resolver sozinho, as ajudas dos meias foi fundamental. Aos 31, o argentino chutou cruzado e por muito pouco não viu Higuaín completar com a ponta dos dedos. O Auxerre quase fez no minuto seguinte, quando Pepe desviou de cabeça contra o próprio patrimônio. A trave impediu a lambança do zagueiro luso-brasileiro. Aos 35, o gol salvador: Özil cruzou na medida para Di María, que ajeitou e soltou a bomba rasteira, de canhota, sem chance para o goleiro Sorin.

Marcadores:

Sem Ronaldinho e com Robinho mal, Milan fica no empate diante do Ajax

0 comentários

Em um dia nada inspirado de Robinho e com Ronaldinho Gaúcho na reserva, o Milan não passou de um empate em 1 a 1 com o Ajax, nesta terça-feira, pela segunda rodada do Grupo G da Liga dos Campeões. Ibrahimovic foi o autor do gol rossonero, enquanto El Hamdaoui marcou para os holandeses, que atuaram em casa.

Em outro jogo da chave, o Real Madrid visitou o Auxerre e venceu por 1 a 0. Com os resultados, o time espanhol lidera com seis pontos, enquanto o Milan aparece em segundo com quatro. O Ajax é o terceiro com um ponto, e o Auxerre amarga a lanterna com zero.
Com Robinho formando o ataque titular ao lado de Ibrahimovic, e Ronaldinho Gaúcho no banco, o técnico Massimiliano Allegri escalou um Milan mais forte no meio de campo. Flamini e Gattuso na proteção à zaga, e Pirlo e Seedorf na armação.

Aos cinco minutos, antes mesmo do jogo ter qualquer lance de emoção, o árbitro alemão Thorsten Schiffner interrompeu a partida devido à explosão de bombas nas arquibancadas e a um sinalizador lançado no gramado.

Aos 14, a primeira boa chance. Após bom passe de Pirlo, Robinho recebeu pela ponta esquerda, penetrou na área e chutou rasteiro cruzado. Stekelenburg, um dos destaques da Holanda na última Copa do Mundo, se esticou todo e defendeu.

Três minutos depois, Robinho, querendo mostrar que mereceu a vaga de titular, cruzou para Flamini, de primeira, chutar para outra boa intervenção do camisa 1 do Ajax.

No entanto, apesar de ter criado as melhores oportunidades, o Milan acabou sofrendo um gol quando o Ajax começava a controlar mais a partida. O uruguaio Luis Suárez fez linda jogada pela esquerda, deu uma caneta em Nesta e tocou para El Hamdaoui. O marroquinho dominou, girou sobre Gattuso e chutou forte sem chances para Abbiati, aos 24

Robinho desperdiça chance incrível
Aos 29, em rápido contra-ataque, Ibrahimovic tocou para Seedorf que, de primeira, deixou Robinho na cara do gol. O ex-santista, completamente sozinho, chutou para fora desperdiçando uma chance incrível (assista no vídeo ao lado).

Até aos 37 minutos, Ibra, que atuou entre 2001 e 2004 no Ajax antes de se transferir para o Juventus, era figura apagada e parecia não estar disposto a complicar a vida do seu ex-clube. Só parecia. Após assistência primorosa do holandês Seedorf, o craque sueco dominou com o peito e, na saída de Stekelenburg, empatou o duelo na Amsterdam Arena.

O segundo tempo começou como o primeiro. O Milan um pouco melhor, mas com o Ajax tentando incomodar principalmente com Suárez. A defesa do Milan sofria, e Thiago Silva, o mais lúcido no setor, se desdobrava para conter o uruguaio.

Robinho sem precisão
Apesar de ter menos posse de bola, quem arriscava mais ao gol era o Milan, embora, sem muita força ou precisão. Robinho, que não estava em uma boa jornada, mandou duas vezes a bola na direção das arquibancadas.

Aos 38, a melhor chance na segunda etapa. Ibrahimovic cortou um zagueiro e rolou para Boateng que chutou forte para excelente defesa de Sketelenbrug. No rebote, Robinho, outra vez, mandou a bola longe. Cansado da falta de pontaria do brasileiro, Allegriu o sacou e pôs o veterano Inzaghi.
Nos minutos finais, tanto Ajax quanto Milan arriscavam menos e se mostravam contentes com o empate, que acabou sendo o placar do confronto.

Marcadores:

Em noite de brasileiros, Spartak de Moscou vence outra e mantém 100%

0 comentários

Por essa talvez só os mais otimistas esperavam. Em noite de brasileiros, o Spartak de Moscou venceu outra pelo Grupo F da Liga dos Campeões e manteve os 100% de aproveitamento após duas rodadas. Depois do Olympique de Marselha, a vítima foi o Zilina, nesta terça-feira, no estádio Luzhniki, em Moscou: 3 a 0, com gols de Ari, duas vezes, e Ibson. Welliton e Alex foram os outros brasucas em campo.

O resultado manteve os russos na vice-liderança, com seis pontos e saldo de quatro gols. O Chelsea, grande favorito da chave, derrotou os atuais campeões franceses por 2 a 0 e está com a mesma pontuação, mas saldo positivo de cinco.

Na próxima rodada, no dia 19, o Spartak receberá os Blues no grande embate do Grupo F, em casa. Os eslovacos, lanternas com duas derrotas, visitam o Olympique na mesma data.

Alex dita o ritmo do time. Ari marca
Não é exagero dizer que é Alex quem manda no Spartak. São dos pés do camisa 12 que saem as principais jogadas ofensivas, quase sempre com a canhota. Foi assim no único gol marcado pelos mandantes no primeiro tempo, aos 33 minutos, quando cobrou escanteio na cabeça do brasileiro Ari. O goleiro Dúbravka ficou no meio do caminho e a zaga só afastou a bola quando havia ultrapassado toda a linha, com folga.

O placar foi mínimo, mas a vantagem poderia ter sido ainda maior. Desde os 20 minutos de jogo até sair o gol, foram ao menos cinco chances claras, com Welliton, McGeady, Alex, Ari e Kombarov. O Zilina concluiu quatro vezes a gol na etapa inicial, mas nenhuma que de fato ameaçasse o goleiro Dykan.

Marcadores:

Chelsea se recupera de derrota para o City e passa pelo Olympique

0 comentários

Três dias depois de perder a invencibilidade no Campeonato Inglês para o Manchester City, o Chelsea voltou a vencer nesta terça-feira e é líder do Grupo F da Liga dos Campeões: em Londres, a equipe de Carlo Ancelotti bateu o Olympique de Marselha por 2 a 0.

Os gols foram de Terry e Anelka, ainda no primeiro tempo. O placar deixa os Blues com seis pontos, empatado com o Spartak de Moscou na ponta, mas com melhor saldo de gols. Mais cedo, o time russo venceu o Zilina por 3 a 0, com gols dos brasileiros Ari (dois) e Ibson. Olympique e Zilina não pontuaram ainda.

Na próxima rodada, dia 19 de outubro, o Chelsea visita o Spartak em Moscou, enquanto os franceses recebem os eslovacos em Marselha, no encerramento do primeiro turno da fase de grupos.

No Stamford Bridge, Ancelotti deixou Ramires no banco e o meia entrou na etapa final, no lugar de Kakuta, aos 18. Coincidência ou não, o ex-cruzeirense falhou no lance que originou o gol de Tevez para o City no último sábado pela Premier League. O zagueiro Alex (ex-Santos) foi titular.

O primeiro gol saiu com apenas sete minutos: Malouda cobrou escanteio rasteiro, Terry se antecipou à zaga francesa e tocou de bico, no cantinho. Aos 27, Mbia colocou a mão na bola dentro da área. Pênalti. Anelka cobrou um minuto depois e fez 2 a 0 para os ingleses.

No segundo tempo, Alex quase marcou o terceiro. Aos 22, o brasileiro arriscou em cobrança de falta de longe e acertou a trave do goleiro Mandanda. Os franceses chegaram a pressionar depois, mas não conseguiram evitar a derrota.

Marcadores:

Bayer de Munique vence o FC Basel de Virada por 2x1

0 comentários

Na Suíça, Frei abriu o placar para o Basel, mas Schweinsteiger fez duas vezes para o Bayern, que agora soma seis pontos e lidera o Grupo E. Roma e Cluj aparecem em seguida, com três. O Basel ainda não pontuou.

Na Basileia, o Basel fez 1 a 0 no Bayern com belo gol. Aos 18 do primeiro tempo, Marco Streller deu um passe de calcanhar, dentro da área, para Frei acertar um chute forte de canhota, no ângulo, sem defesa para Butt.

Aos 11 da etapa final, o time de Munique conseguiu o empate. Müller sofreu pênalti, Schweinsteiger cobrou e empatou. O craque fez o segundo, da virada, aos 44.

Marcadores:

Tudo em paz no Roma: Adriano aceita entrar após intervalo, e time bate Cluj

0 comentários

O Roma está em paz. Após polêmica envolvendo Adriano e o técnico Claudio Ranieri na vitória sobre o Inter de Milão pelo Campeonato Italiano, o time bateu o Cluj por 2 a 1 nesta terça-feira, em casa, pelo Grupo E da Liga dos Campeões, com o Imperador aceitando entrar em campo no segundo tempo. O líder da chave é o Bayern de Munique, que fez 2 a 1, de virada, no Basel, fora.

No último sábado, o ex-atacante do Flamengo ficou no banco contra o Inter e se recusou a entrar nos minutos finais, gerando motivos para crise no clube. Segundo o empresário de Adriano, Gilmar Rinaldi, jogador e técnico conversaram e resolveram o problema. Pela Champions, o Imperador começou na reserva e substituiu Menez logo após o intervalo. Os gols foram de Mexes e Borriello, para os anfitriões, e Rada, para os visitantes, todos na etapa final.

Marcadores:

Hulk faz belo gol, Porto vence outra e segue com 100% de aproveitamento

0 comentários

Com direito a um belo gol do brasileiro Hulk, o Porto derrotou o Olhanense por 2 a 0, neste sábado, e manteve o 100% de aproveitamento no Campeonato Português. Líder isolado, os Dragões, que atuaram em casa, somam 18 pontos após seis rodadas disputadas. Já os visitantes, que contou com ex-corintiano Lulinha, seguem na sexta colocação, com nove.

O primeiro gol da partida foi marcado pelo zagueiro argentino Otamendi aos 23 minutos. Após uma bomba de Hulk, o defensor, que fazia sua estreia no Porto, aproveitou o rebote do goleiro brasileiro Marcelo Moretto e balançou as redes.

Aos 45 da etapa inicial, o volante Maurício tocou errado nos pés de Hulk. O paraibano colocou velocidade na jogada, deixou um marcador na saudade com um drible de meia-lua e, na saída do goleiro, bateu forte no canto de perna esquerda.

Benfica vence fora de casa
Em outro jogo deste sábado, o Benfica, que teve em campo a dupla de zaga brasileira formada por Luisão e David Luiz, venceu fora de casa o Marítimo por 1 a 0. O gol do triunfo foi anotado por Fabio Coentrão.

Confira a 6° rodada do Campeonato Português completa:
Sexta-feira
Braga 3 x 1 Naval

Sábado
Académica 3 x 1 Vitória de Guimarães
Marítimo 0 x 1 Benfica
Porto 2 x 0 Olhanense

Domingo
Portimonense 1 x 0 Beira Mar
União de Leiria 1 x 0 Rio Ave
Sporting 1 x 1 Nacional

Marcadores:

Em ‘batalha campal’, Roma bate Inter em clássico com gol nos acréscimos

0 comentários

Protagonistas das últimas competições na Itália, Roma e Inter de Milão fizeram um clássico de dar inveja a qualquer batalha campal neste sábado, no estádio Olímpico, pela quinta rodada do Campeonato Italiano. Não faltou violência até mesmo na comemoração do único gol da partida, marcado pelo atacante romanista Vucinic, aos 46 minutos da etapa final. Emocionado com o 1 a 0, que significou a primeira vitória do time da capital, e visilmente no clima quente do jogo, o montenegrino chutou as placas de publicidade que viu em sua frente até alcançar a torcida.

As entradas ríspidas também foram evidenciadas com o alto número de cartões amarelos, apesar da economia do juiz Emidio Morganti: oito no total, sendo quatro para cada lado.

Melhor na maior parte do jogo, a equipe dos brasileiros Julio Cesar, Maicon, Lucio e Philippe Coutinho, que se manteve com 10 pontos, corre o risco de perder a liderança ao fim da rodada caso Brescia e Chievo vençam seus compromissos no domingo. O time da capital, por sua vez, se recuperou dos tropeços e pulou para a 15ª colocação, com cinco pontos. Apenas o zagueiro Juan começou jogando. Adriano, que chegou a se levantar para entrar nos minutos finais, teria reclamado com o treinador Claudio Ranieri, que pôs Julio Baptista em campo. Cicinho e Doni não saíram do banco.

Inter ignora fator visitante, mas não abre o placar
Esqueçam o fato de o Roma jogar em casa. Apesar da boa presença da torcida no clássico que polarizou as últimas edições do Campeonato Italiano, foi o Inter o dono das ações na primeira etapa. Não chegou a ser um domínio completo, mas o goleiro Lobont certamente agradeceu ao seu mais fiel santo por não ter saído para o intervalo com um gol na conta.

A metralhadora de chances nerazzurri começou logo no primeiro minuto. Stankovic chutou de fora da área e obrigou ao romeno fazer boa defesa. Aos 9, o meia sérvio carimbou Juan e jogou o rebote para fora. Aos 12, Sneijder chutou cruzado, com perigo.

O primeiro ato do Roma veio aos 15, com Menez parando na zaga. Dois minutos depois, o primeiro de muitos lances quentes da partida. Perrotta dividiu com Julio Cesar e viu a bola sobrar no meio da área. Lucio levantou demais o pé e acertou a nunca de Borriello.

O Inter seguiu atacando. Eto’o, principal nome do time neste início de temporada, assustou aos 21, após cortar a marcação e finalizar rasteiro. A bola ficou presa em Burdisso. Aos 38, na última grande chance do primeiro tempo, Stankovic chutou por cobertura e Lobont se esticou para espalmar.

Jogo esquenta, e Roma consegue triunfo no fim
As equipes voltaram do intervalo no mesmo ritmo. Em apenas seis minutos, o Inter criou mais oportunidades, com Cambiasso e Eto'o. Dessa vez, o Roma respondeu mais cedo, com Ménez, em perigoso chute cruzado, aos nove. O lance que mudou a tônica do jogo veio em seguida. Aos 14, Julio Cesar cometeu o chamado sobrepasso, quando pegou a bola, soltou, e a voltou a defender com as mãos na grande área. Totti não aproveitou a infração na linha da pequena área e isolou.

O Roma visivelmente se animou após o lance. Até demais. Aos 19, Perrotta tentou alcançar a bola com os pés e exagerou, atingindo Julio Cesar. O clima, que já não era dos mais amigáveis, esquentou. Lances criminosos, como a entrada de Ménez em Sneijder, por trás, apareceram com maior frequência.

O Inter viria ainda desperdiçar mais duas chances, ambas com Eto'o, que manteve o nível da temporada, sendo o jogador mais perigoso dos nerazzurri. O último ato, no entanto, foi da equipe da casa. Aos 46, De Rossi cruzou à meia-altura e Vucinic se antecipou a Maicon e Lucio para marcar. Na comemoração, extravasou e chutou as placas de publicidade, como quem podia tudo após decidir o clássico. A torcida do Roma, é claro, aplaudiu a primeira vitória no campeonato.

Confira a 5° rodada do Campeonato Italiano completa:
Sábado
Milan 1 x 0 Genoa
Roma 1 x 0 Inter

Domingo
Cesena 1 x 4 Napoli
Bari 2 x 1 Brescia
Catania 1 x 1 Bologna
Chievo 0 x 1 Lazio
Fiorentina 2 x 0 Parma
Palermo 2 x 2 Lecce
Sampdoria 0 x 0 Udinese
Juventus 4 x 2 Cagliari

Marcadores:

Ramires falha, e City derruba invicto Chelsea com gol do 'carrasco' Tevez

0 comentários

Com um gol do atacante Tevez, que contou com a falha do brasileiro Ramires, que perdeu a bola no meio de campo, o City bateu o Chelsea por 1 a 0, neste sábado, e tirou a invencibilidade do rival. De quebra, acabou com a sequência de vitórias dos Blues no Campeonato Inglês. O time de Londres estava com uma campanha de 100% de aproveitamento na competição, com cinco vitórias seguidas. Depois do gol, Tevez homenageou a mãe, aniversariante do dia, com uma frase na camisa: 'Feliz aniversário, mamãe'. Ao todo, o argentino já marcou seis vezes em cinco partidas contra os londrinos.

Com o resultado, os Citizens chegam aos 11 pontos. Apesar da derrota, o Cheslea segue na liderança com 15.

Primeiro tempo calmo; pouca emoção
Depois de um início de domínio do City, o Chelsea equilibrou a partida e começou a ter mais posse de bola, mas sem levar muito perigo ao gol de Hart. Um primeiro tempo morno e com pouca emoção nos primeiros 45 minutos.

A única chance real do Chelsea aconteceu aos 26 minutos. O brasileiro Ramires invadiu a na área, tentou chutar a gol, mas Kolo Touré colocou para escanteio. Na sequência da jogada, Malouda cruzou na área, Alex ajeitou de cabeça e Ivanovic testou no travessão. No rebote, ele mesmo cabeceou, e Hart faz a defesa.

Ramires falha em lance, e City define o placar na etapa final
O segundo tempo começou com maior movimentação das duas equipes. Logo aos dois minutos, Drogba ajeitou para o chute de Anelka, de fora da área. Hart, com a pontas dos dedos colocou a bola para escanteio.

O City deu o troco. De Jong enfiou a bola para David Silva, que entrou na área e bateu cruzado. Cech se esticou no cantinho e espalmou para escanteio.

O jogo esquentou, e os donos da casa se animaram.
Pressionando a saída de bola do Chelsea, City conseguiu abrir o placar aos 13 minutos. Ramires falhou no lance e perdeu a bola na intermediária para Milner. O camisa 7 dos Citizens tocou rapidamente para Tevez, que avançou em velocidade em direção ao gol e chutou de cruzado para ao fundo da rede. A bola ainda bateu na trave antes de entrar: City 1 a 0.

Depois do gol sofrido, o técnico do Chelsea, Carlo Ancelotti, tirou Drogba e colocou Sturridge. O time de Londres se lançou mais ao ataque em busca do empate.

Aos 32 minutos, os Blues quase empataram o jogo. Depois da falta cobrada na área, Alex desviou de cabeça com muito perigo, à esquerda do gol de Petr Cech. A pressão do líder do campeonato aumentou no fim, mas faltou organização do time para chegar ao empate em Manchester.

– O time foi muito bem. Provou que tem condições de brigar pelo título. Agora ficou bom porque aproximamos do líder e isso para a auto-estima do time é excelente, pois ganhamos do Chelsea, que estava invicto, depois de um tropeço – afirmou Jô, que dessa vez não saiu do banco de reservas.

Confira a 6° rodada do Campeonato Inglês completa:
Sábado
Manchester City 1 x 0 Chelsea
Arsenal 2 x 3 West Brom
Birmingham 0 x 0 Wigan
Blackpool 1 x 2 Blackburn
Fulham 0 x 0 Everton
Liverpool 2 x 2 Sunderland
West Ham 1 x 0 Tottenham

Domingo
Bolton 2 x 2 Manchester United
Wolverhampton 1 x 2 Aston Villa
Newcastle 1 x 2 Stoke

Marcadores:

Com um gol de Nenê, PSG vence o Lens e sobe quatro posições

0 comentários

O brasileiro Nenê mais uma vez foi decisivo para o Paris Saint-Germain e marcou o segundo gol do time da capital na vitória deste domingo por 2 a 0 sobre o Lens, fora de casa, no encerramento da sétima rodada do Campeonato Francês.

Com o resultado, o PSG, que iniciou a rodada na nona posição, subiu para o quinto lugar, somando agora 11 pontos ganhos, cinco atrás do líder Saint-Etienne.

- Essa vitória foi importante em nosso planejamento de iniciar uma aproximação dos primeiros colocados. Fico feliz por ter feito um gol no final do jogo, no momento em que o Lens pressionava em busca do empate, ajudando a garantir os três pontos para o PSG - comemorou Nenê.

Com o gol deste domingo, o brasileiro assumiu a vice-artilharia do campeonato com quatro tentos, atrás somente de Dimitri Payet, que já balançou as redes sete vezes pelo Saint-Etienne.

Em ascensão na Ligue 1, o PSG volta agora suas atenções para a Liga Europa. Na próxima quinta-feira, o time de Nenê recebe os ucranianos do Karpaty Lviv, no Parque dos Príncipes, em seu segundo compromisso pelo torneio europeu.

Confira a 7° rodada do Campeonato Francês completa:
Sábado
Auxerre 2 x 2 Nancy
Caen 0 x 0 Bordeaux
Lorient 2 x 1 Monaco
Olympique 2 x 1 Sochaux
Montpellier 3 x 1 Arles
Nice 1 x 2 Rennes
Lyon 0 x 1 Saint-Etienne

Domingo
Brest 1 x 0 Valenciennes
Toulouse 1 x 1 Lille
Lens 0 x 2 PSG

Marcadores:

Ainda sem Messi, Barça derrota o Athletic de Bilbao fora de casa

0 comentários

Mesmo com o desfalque de Lionel Messi, o Barcelona derrotou fora de casa o Athletic de Bilbao por 3 a 1, neste sábado, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Espanhol. Com o resultado, alcançado graças aos gols de Keita, Xavi e Busquets e sem muito espetáculo, o clube catalão chegou aos 12 pontos e assumiu a vice-liderança do torneio. Com 13, o Valencia é o primeiro colocado.

Barça domina debaixo de chuva
Debaixo de muita chuva e sem Messi, que segue se recuperando de uma lesão no tornozelo, o Barça foi a campo com Pedro, Villa e Iniesta improvisado no ataque - às vezes trocando de posição com Keita.

Com menos de 15 minutos, o brasileiro Adriano, Keita e David Villa criaram ótimas chances de abrir o placar. A melhor delas com o último, que carimbou a trave do Bilbao que, por sua vez, só chegou com perigo aos 31 em um chute de voleio de Igor que foi para fora após desvio na zaga catalã.

Se o Barça já dominava o jogo completamente com 11 contra 11, a coisa ficou mais fácil aos 33 após a expulsão de Amorebieta que fez falta feia em Iniesta.

No entanto, o domínio não se traduzia em gols. E, por pouco, Llorente, em um das poucas chegadas do Bilbao ao ataque, não abriu o placar aos quatro do segundo tempo. Valdés “tirou” com os olhos e a bola acertou a trave.

Gol de Keita
O susto não perturbou o Barça que, aos nove, abriu o placar no estádio San Mamés. Iniesta fez jogada pela esquerda e rolou para Villa que, mesmo famoso por ser “fominha”, tocou de primeira para Keita marcar.

Aos 18, por pouco, os visitantes não ampliaram. Iniesta carimbou o travessão do goleiro Iraizoz. Em desvantagem no marcador e com um homem a menos, o Bilbao mal passava do meio de campo. Para piorar, aos 28, Xavi arriscou de fora da área e fez o segundo gol.

Aos 36, com partida supostamente liquidada, o técnico Pep Guardiola tirou Iniesta para poupá-lo (o Barça joga na quarta-feira contra o Rubin Kazan pela Liga dos Campeões) e colocou o jovem Thiago Alcântara, filho do tetracampeão Mazinho.

Villa é expulso
Em um lance bobo, aos 41, Villa perdeu a cabeça, acertou um tapa em Gurpegi e recebeu o cartão vermelho do árbitro Mateu Lahoz.

O lance entusiasmou os anfitriões que, aos 44, diminuíram com Gabilondo e partiram em busca do empate. No entanto, para o azar do Bilbao, Busquets aproveitou contra-ataque, com um potente chute, decretou, de fato, o triunfo do Barça.

Confira a 5° rodada do Campeonato Espanhol completa:
Sábado
Sporting Gijón 0 x 2 Valencia
Levante 0 x 0 Real Madrid
Athletic de Bilbao 1 x 3 Barcelona

Domingo
La Coruña 0 x 2 Almería
Espanyol 1 x 0 Osasuna
Mallorca 2 x 0 Real Sociedad
Racing Santander 0 x 1 Getafe
Hércules 2 x 0 Sevilla
Atlético de Madri 1 x 0 Zaragoza

Segunda
Málaga 2 x 3 Villarreal

Marcadores:

Diego e Grafite brilham em vitória do Wolfsburg sobre o Freiburg no Alemão

0 comentários

Grafite, com dois gols, e Diego, com os passes, brilharam na vitória do Wolfsburg sobre Freiburg, por 2 a 1, em casa, pela sexta Campeonato Alemão, neste domingo. O resultado colocou os Lobos com nove pontos na tabela classificação, ao lado do rival.

Na próxima rodada, o time, que também teve Josué em campo, enfrenta o Borussia Mönchengladbach. O Freiburg encara o Colônia.

Melhor na partida, o Wolfsburg abriu o placar aos 26 minutos. Com perfeição, Diego levantou a bola na área. Bem colocado, Grafite subiu no meio da defesa adversária e desviou de cabeça para abrir o placar.

Após marcar o gol, o time da casa recuou e deu campo para o Freiburg, que cresceu no jogo, chegando ao empate. Cisse não perdoou o cochilo da defesa e mandou a bola para o fundo da rede. No fim do primeiro tempo, Josué fez uma falta duríssima em Bastians e recebeu cartão amarelo.

Na etapa final, mais uma vez a dupla brasileira do Wolfsburg voltou a brilhar em campo. Diego cobrou a falta no meio da área, Grafite subiu mais que a defesa do Freiburg e testou no canto direito do goleiro Pouplin, ao 19 minutos: 2 a 1.

- Conseguimos nossa terceira vitória consecutiva e acabamos com todas as dúvidas que tinham sobre o Wolfsburg. As bolas paradas e os cruzamentos são fundamentos nos quais eu sei que tenho grande potencial, por isso sempre treino. A precisão do Grafite nas conclusões também foi fundamental. Fizemos um grande jogo - disse Diego, que comentou a precisão dos cruzamentos nos dois gols de Grafite.

Os dois brasucas continuaram incomodando os defensores do time adversário. Em um contra-ataque rápido, Grafite recebeu excelente passe de Diego, e tentou colocar Dzeko na cara do gol, mas o zagueiro Barth tirou o perigo da pequena área.

No fim do jogo, Diego foi substituído por Johnson e deixou o campo aplaudido pela torcida do Wolfsburg.

Confira a 6° rodada do Campeonato Alemão conpleta:
Sexta-feira
Colônia 1 x 1 Hoffenheim

Sábado
Bayern de Munique 1 x 2Mainz
Eintracht Frankfurt 2 x 0 Nuremberg
Schalke 2 x 2 Borussia M'gladbach
St Pauli 1 x 3 Borussia Dortmund
Stuttgart 1 x 4 Bayer Leverkusen
Werder Bremen 3 x 2 Hamburgo

Domingo
Wolfsburg 2 x 1 Freiburg
Kaiserslautern 0 x 1 Hannover

Marcadores:

Grêmio estraga estreia de Dorival Júnior e vence o Galo por 2 a 1

0 comentários

Não foi desta vez que o Atlético-MG não conseguiu um resultado que permita ganhar fôlego na briga contra o rebaixamento. De técnico novo, com a estreia de Dorival Júnior, o Galo conheceu a sua 16ª derrota no Brasileirão ao ser batito pelo Grêmio por 2 a 1, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, na noite deste domingo.

Os gols de Jonas e Gabriel, logo no início da partida, garantiram a vitória dos gaúchos, que chegaram aos 33 pontos, na décima colocação. Diego Tardelli descontou para o Atlético-MG, que segue na zona de rebaixamento, agora em penúltimo lugar, com apenas 21 pontos, a sete do Flamengo, primeira equipe fora do Z-4.

Marcadores:

Avaí goleia Ceará, acaba com jejum de 41 dias e pula para o 15º lugar

0 comentários

Quarenta e um dias ou dez rodadas sem vitória, 17ª posição provisória, possibilidade de rebaixamento assustando. Assim era o Avaí até as 18h30m deste domingo. Mas com uma atuação de gala na Ressacada, o Leão deixou todos esses números e jejuns para trás e saiu da zona da degola apenas um dia depois de ter entrado nela. A vítima foi o Ceará, que só assistiu ao rival jogar e acabou levando 5 a 0 com uma facilidade enorme. Na 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe de Florianópolis, enfim, reagiu e voltou a exibir o bom futebol dos primeiros jogos.

O último triunfo do Avaí havia ocorrido em 15 de agosto, numa vitória por 3 a 2 sobre o Corinthians. A reação veio na hora mais urgente, numa rodada em que Goiás e Atlético-GO venceram e se aproximaram. Com 28 pontos somados após esta goleada, o Leão fica em 15º lugar e ultrapassa Flamengo e Atlético-GO, que havia jogado o time para a zona perigosa depois de ter vencido o Grêmio Prudente no sábado.

Do outro lado, o Ceará permanece com 30 pontos, mas cai para a 13ª posição e já começa a conviver com o perigo de rebaixamento.

Faltou só um golzinho para o Avaí fazer a maior goleada deste Brasileirão, que pertence ao próprio time catarinense. Na primeira rodada, fez 6 a 1 no Grêmio Prudente, dentro da Ressacada.

Marcadores:

Inter vence no fim, tira Corinthians da ponta e segue na briga pelo título

0 comentários

Num jogo com clima de decisão e de muita rivalidade devido aos resquícios da polêmica partida de 2005, o Inter venceu o Corinthians por 3 a 2. O gol da vitória foi marcado aos 47 minutos da etapa final por Andrezinho, em cobrança de falta. A torcida do time gaúcho fez a festa, ironizando o jejum adversário na Libertadores, assim como a passagem do rival pela Série B em 2008.

Com a vitória na tarde deste domingo, no Beira-Rio, o Colorado segue sonhando com o título brasileiro. O time gaúcho é o quarto colocado, sete pontos atrás do líder Fluminense (48 a 41), mas com um jogo por fazer do primeiro turno, contra o Santos. O Timão, que entrou em campo como líder, foi ultrapassado pelo Tricolor carioca, vencedor do confronto com o Vitória, em Salvador. Os paulistas agora têm 47 pontos, mas também com um jogo a menos, contra o Vasco adiado no primeiro turno.

Marcadores:

Em rodada perfeita, Flu bate o Vitória e toma a liderança do Corinthians

0 comentários

Sabe o que é uma rodada perfeita? O torcedor do Fluminense sabe e está feliz da vida com a 25ª. Neste domingo, o time entrou em campo com a obrigação de vencer o Vitória fora de casa para tentar voltar à liderança do Campeonato Brasileiro. Como se não bastasse, seria preciso secar o Corinthians, que enfrentaria o Inter no mesmo horário, no Beira-Rio. Deu tudo certo. Em Salvador, o Tricolor derrotou o Rubro-Negro por 2 a 1 e chegou a 48 pontos. Conca e Rodriguinho marcaram, enquanto Henrique descontou.

Em Porto Alegre, o Colorado deu uma senhora força ao derrotar o Timão por 3 a 2. Os paulistas, que estão com um jogo a menos, têm 47 pontos, agora na vice-liderança. Além disso, o Botafogo empatou com o Atlético-PR em 1 a 1, em casa. No último sábado, o Cruzeiro já havia sido derrotado pelo Santos.

No Barradão, o Leão lutou muito, se esforçou de verdade, mas voltou a perder depois de cinco partidas de invencibilidade. A equipe do técnico Ricardo Silva tem 31 pontos, está em 12º lugar, na zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

As equipes voltam a jogar na próxima quarta-feira. O Vitória visita o Atlético-PR, na Arena da Baixada, às 19h30m. Às 21h, o Fluminense recebe o Avaí, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Marcadores:

Furacão empata jogo no fim com o Botafogo em grande duelo por G-3

0 comentários

Em partida debaixo de chuva e com pouco público - pouco mais de nove mil pessoas -, que só mostrou cara de disputa por vaga no G-3 no segundo tempo, com lances emocionantes, Botafogo e Atlético-PR empataram por 1 a 1 neste domingo, no Engenhão, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Edno, ainda na primeira etapa, abriu o placar para o Botafogo, enquanto o time teve fôlego e anulava o principal jogador adversário, o meia Branquinho. Que quando conseguiu jogar, comandou a reação do Furacão e deu o passe na medida para Guerrón empatar, aos 45, em falha de Elizeu.

Os dois times diminuíram em um ponto cada a vantagem do Cruzeiro, atual terceiro colocado, com 44 pontos. Mas, é claro, não têm o que comemorar, pois caso alguém tivesse vencido, teria encostado ainda mais no rival. O Botafogo, em quinto com 40 pontos, ficaria a dois da Raposa - na verdade, o time perdeu uma posição, mas para o Internacional, já classificado para a Libertadores. O Furacão, em sétimo com 38, teria ido a 40 e estaria a quatro dos mineiros. Já a diferença para a liderança não mudou, mas o líder, sim. O Fluminense, com 48 pontos, deixou o Corinthians em segundo com 47. O Alvinegro carioca segue a oito pontos do topo, e o Rubro-Negro paranaense, a dez.

Apesar de ter sentido os muitos desfalques - foram seis, principalmente do meia Maicosuel, que só voltará a jogar em 2011 -, a equipe alvinegra mostrou organização tática e muito espírito de luta. Esbarrou, principalmente, no cansaço e na boa substituição de Carpegiani, que pôs Paulo Baier e deixou Branquinho mais solto para armar as jogadas do Furacão.

Na próxima quarta-feira, as duas equipes voltam a campo. O Botafogo encara o Corinthians, no Pacaembu, em novo confronto direto do grupo de cima da tabela. O Atlético-PR terá pela frente o Vitória, em casa, na Arena da Baixada.

Marcadores:

Com Kleber inspirado, Palmeiras vence o Flamengo no Engenhão

0 comentários

Com uma atuação segura e uma noite inspirada de Kleber, o Palmeiras dominou o Flamengo e venceu por 3 a 1, neste sábado, no estádio João Havelange, no Rio de Janeiro, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Gladiador marcou duas vezes, enquanto Lincoln fez o terceiro gol palmeirense. Petkovic, de pênalti, diminuiu para o Rubro-Negro.

O Flamengo perdeu a invencibilidade no Engenhão. Desde a inauguração em 2007, o time carioca tinha feito nove jogos no estádio, com sete vitórias e dois empates. Neste sábado, conheceu a primeira derrota. Já o Palmeiras segue como um visitante ingrato neste Brasileiro. São quatro vitórias, sete empates e só duas derrotas fora de casa.

Com o resultado, o Palmeiras pulou para o oitavo lugar com 35 pontos. O Flamengo segue com 28 pontos, na 15ª posição na classificação. Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Rubro-negro enfrenta o Goiás, na terça-feira, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Já o time paulista encara o Internacional, na quarta-feira, em Presidente Prudente.

De férias no Brasil, o ex-técnico da seleção portuguesa Carlos Queiroz esteve no Engenhão para acompanhar o jogo. Amigo de Luiz Felipe Scolari, ele brincou ao falar que era "flamenguista".

Marcadores:

Guarani bate o Vasco por 1 a 0 com gol de pênalti mal marcado

0 comentários

Numa partida em que o empate seria o resultado mais justo, o Guarani se aproveitou de um erro de arbitragem do árbitro Heber Roberto Lopes - que, depois de não dar pênalti claro de Jumar em Mazola no primeiro tempo, marcou um inexistente de Dedé em Ricardo Xavier - e saiu com a vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, neste sábado à noite, no Brinco de Ouro da Princesa, pelo Campeonato Brasileiro. Baiano não desperdiçou a cobrança, aos 35 minutos do segundo tempo, que deixou o Bugre com 33 pontos ganhos, em 10º lugar na tabela, antes do fim da 25ª rodada.

Com a derrota, o Vasco, que precisava quebrar a sina de empates, completa o sexto jogo sem vencer. Com 30 pontos ganhos, dorme na 14ª posição. O time saiu reclamando da atuação do árbitro, que acabou "compensando" o pênalti não marcado para o Guarani no primeiro tempo. Ainda por cima, ganhou dores de cabeça: o zagueiro Dedé recebeu o terceiro cartão amarelo e o meia Carlos Alberto, que entrou no segundo tempo, sofreu nova lesão no fim da partida.

Na próxima quarta, pela 26ª rodada, o Bugre vai ao Prudentão encarar o Grêmio Prudente. Na terça, o Vasco receberá o Santos em São Januário.

Marcadores:

Neymar brilha, Santos goleia e breca a ascensão do Cruzeiro em Barueri

0 comentários

Neymar está de volta, com coreografia e tudo. O garoto que nos últimos dias só apareceu como pivô de polêmicas, voltou a fazer o que sabe, e bem: jogar futebol. Com uma excelente atuação, liderou o Santos na goleada sobre o Cruzeiro, por 4 a 1, neste sábado à noite, na Arena Barueri. O atacante participou das jogadas dos três primeiros gols e fez o seu no último lance da partida. O Alvinegro, que jogou parte do segundo tempo com um a menos (Zé Eduardo foi expulso aos 18 minutos) breca a ascensão da Raposa e volta a sonhar com o título, já que tem 38 pontos na 25ª rodada do Brasileirão, mas com um jogo a menos, na quinta colocação. Os mineiros têm 44 e seguem em terceiro. A equipe dirigida por Cuca reclamou de um gol mal anulado na primeira etapa, com o placar em 0 a 0. Farías marcou, mas a arbitragem assinalou impedimento inexistente.

Marcadores:

Atlético-GO sai do Z-4 e mantém jejum do Grêmio Prudente: 3 a 0

0 comentários

Candidato ao rebaixamento desde o início do Brasileirão, o Atlético-GO dá sinais de que pode se manter na elite no ano que vem. Neste sábado, o time de Renê Simões venceu o Prudente com facilidade, por 3 a 0. O resultado tirou a equipe momentanemente do Z-4 e manteve o longo jejum de vitórias do Prudente, que não vence há dez partidas e é o lanterna da competição, com 17 pontos. A equipe goiana, que havia vencido o Goiás na última rodada, por 3 a 1, chegou ao 16º lugar, com 26 pontos, um a mais que o Avaí, que enfrenta o Ceará neste domingo, às 18h30m, na Ressacada.

Na próxima rodada, o Atlético-GO enfrenta o Cruzeiro, quarta-feira, na Arena do Jacaré, às 19h30m. O Prudente pega o Guarani, no mesmo dia e horário, em casa.

Marcadores:

Goiás humilha o São Paulo

0 comentários

O Goiás humilhou o São Paulo no Morumbi. Com uma atuação desastrosa do Tricolor, diante da sua torcida, o Esmeraldino soube aproveitar as falhas do rival e venceu por 3 a 0 na noite deste sábado. Com o resultado, o time goiano ainda não sai da zona de rebaixamento (é o 18º, com 24 pontos), e os paulistas (em 9º, com 34) sonham cada vez menos com a possibilidade de título do Campeonato Brasileiro ou vaga na Libertadores da América.

Fora de casa e contra um adversário que vinha de uma sequência de duas vitórias (2 a 0 no Palmeiras e 2 a 1 no Guarani), o Goiás entrou no gramado do Morumbi com uma proposta clara de se defender e explorar os erros do Tricolor. E não faltaram erros são-paulinos para o Alviverde se esbaldar.

Marcadores:

RESULTADOS DA 24° RODADA (2010)

0 comentários

Bragantino 2X0 Portuguesa
Vila Nova 2x2 Paraná
Ponte Preta 1x2 São Caetano
América-RN 2x1 Náutico
Sport 1x2 Bahia
Figueirense 1x0 Brasiliense
Coritiba 2x0 ASA
Duque de Caxias 1x0 Icasa
Santo André 1x1 Guaratinguetá
Ipatinga 1x2 América-MG

Pontos
1 Coritiba 46
2 Bahia 44
3 América-MG 43
4 Figueirense 42
5 Ponte Preta 40
6 Sport 37
7 Duque de Caxias 35
8 São Caetano 35
9 Portuguesa 34
10 Náutico 34
11 Guaratinguetá 34
12 Paraná 32
13 ASA 29
14Icasa 29
15 Bragantino 29
16 Vila Nova 28
17 Brasiliense 27
18 Santo André 25
19 América-RN 22
20 Ipatinga 18