Marcadores:

Ronaldinho entra na Justiça e está fora do Flamengo. Clube vai recorrer

Depois de um ano e cinco meses de um relacionamento conturbado, Ronaldinho Gaúcho não é mais jogador do Flamengo. O craque, que cobra do Rubro-Negro uma dívida de R$ 40.177.140,00, conseguiu a tutela antecipada na 9ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro. A liminar concedida pelo juiz André Luiz Amorim Franco será protocolada nesta tarde na CBF, o que libera o jogador para assinar com outro clube.

- O Ronaldinho não é mais jogador do Flamengo, o contrato dele foi rescindido judicialmente. Não posso falar de valores, porque eu mesma pedi segredo de Justiça. Mas estamos cobrando valores altíssimos, milionários, aos quais o atleta tem direito - disse a advogada do atleta, Gislaine Nunes, ao Arena Sportv.

O vice-presidente jurídico do Flamengo, Rafael de Piro, confirmou que o clube já foi notificado da decisão judicial que deixa o jogador livre do contrato que era válido até dezembro de 2014.

- Essa questão é controvertida. Eu e outros colegas consideramos que o pagamento de direitos de imagem é de natureza civil. O juiz entendeu que é salarial. Vamos entrar hoje (quinta-feira) ainda com um pedido de reconsideração no juízo que emitiu a decisão. Se não for satisfatório, vamos ao tribunal - afirmou De Piro.

O vice jurídico admitiu que a relação entre clube e jogador estava desgastada nos últimos meses - o camisa 10 já havia avisado a amigos na última segunda-feira que declararia guerra ao Rubro-Negro. Este ano, o Flamengo passou a pagar integralmente o salário de Ronaldinho - em 2011, a Traffic era responsável pelo pagamento de 75% dos vencimentos do atleta, mas desistiu do negócio.

- A gente relevou diversos atos de indisciplina, fizemos um esforço monumental quando a Traffic pulou do barco, talvez já sabendo que a imagem dele não tinha o mesmo valor. Sempre orientei o departamento de futebol para que fizesse um relatório diário sobre as atividades, sei que existe muita coisa registrada - disse De Piro.

Ronaldinho conseguiu o rompimento com o clube horas após a divulgação de um vídeo no qual o vice de futebol do Flamengo, Paulo César Coutinho, dizia a torcedores que o jogador estava afastado (assista ao lado). A advogada do jogador criticou duramente o dirigente depois da obtenção da liminar.

- Dedico essa liminar ao Coutinho, eu nem sabia da pérola que ele falou sobre o Ronaldinho, com palavrão e tudo. Agora ele vai chorar na cama que é lugar quente. O Flamengo tem 100 anos, sim, mas, quando tem uma administração provinciana, olha só o que acontece - afirmou Gislaine Nunes.

Ronaldinho marcou 22 gols em 74 jogos com a camisa do Flamengo. Ele chegou ao clube em janeiro de 2011 e conquistou um título carioca.

0 comentários:

Postar um comentário