Marcadores:

‘Avenida Brasil’: Paloma descobre que é filha biológica de Cadinho e, com raiva, estraga casamento dele com Alexia

Paloma (Bruna Griphao) vai acabar com o casamento de Cadinho (Alexandre Borges) e Alexia (Carolina Ferraz) em “Avenida Brasil”. A menina estraga a cerimônia por vingança, já que ficou irada ao descobrir, sem querer, que o noivo é seu pai biológico.

Durante os últimos retoques da roupa da cerimônia, Cadinho diz a Alexia que eles têm que contar a Paloma que o investidor é o pai dela. “Vamos casar primeiro e na lua de mel a gente conta. Lá no Caribe, com tranquilidade, numa praia paradisíaca, ahm? Vai saber como a Paloma vai reagir. Ainda mais hoje, no dia da cerimônia...”, diz Cadinho.

O casal não imagina que Paloma está ouvindo toda a conversa e se choca com a novidade. “Vocês vão ver, seus mentirosos! Vão ver! Quem mandou mentir pra mim?!”, brada a menina, já arquitetando um plano diabólico.

Na hora da cerimônia, quando o padre pergunta se tem alguém que se opõe ao matrimônio, Paloma pega o micofone e dispara: “Seu padre, esses dois aí tão casando, mas eles já têm uma filha juntos, eu! E até hoje, ninguém tinha me contado nada disso! Mó absurdo! E tem mais, além da mamãe, ele ainda tem outras duas famílias! Quando eu era pequena, minha mãe falava que eu não tinha pai, que ela tinha comprado uma sementinha e um médico pôs a sementinha dentro dela... Mas é mentira! O espermatozoide era dele, ó, do Cadinho!”, afirma a adolescente.

Cadinho e Alexia vão atrás da menina, que corre pelo altar. O investidor consegue pegá-la, mas ela morde a mão dele e avisa que os dois não vão se casar porque ela está com as alianças. “Eu fugir e vocês nunca mais vão me ver, seus mentirosos! Nunca mais!”, diz Paloma, correndo para fora da igreja e sendo seguida pelos pais.

A garota entrega as alianças para um mendigo e corre sem direção. Cadinho manda Alexia segurar o padre enquanto vai atrás da filha. Paloma corre sem parar e dá de cara com uns tapumes de uma obra, ao lado de um rolo compressor. O investidor acredita ter pego a filha, mas a menina sobe na máquina e a liga. Cadinho se apavora, corre em direção ao rolo, mas Paloma engata uma marcha e vai na direção do pai, passando por cima de objetos, latas e ferramentas de obra. “Paloma, desce daí, você vai se machucar, vai machucar alguém! Para! Pisa no freio!”, grita o pai desesperado.

Mas a menina olha para o chão, não vê freio e fica transtornada. Ele está quase sendo atropelado, quando grita para ela puxar o freio na mão. A máquina para e ele a tira de lá de dentro sob protestos. “Não largo nem a pau, eu sou seu pai, quer você goste disso ou não e você vai me obedecer!”, afirma Cadinho.

Já em casa, Paloma joga para fora toda a frustração de não ter tido pai na infância. “Eu não tive pai a infância toda e agora eu tenho um pai que eu não quero! Eu não sabia que você era um mentiroso! Agora eu prefiro qualquer um, até o Ruy eu prefiro do que você! Como você acha que eu me sentia quando as minhas amigas perguntavam quem era meu pai, hein? E na escola, no dia dos pais, que todo mundo ficava fazendo desenho pra levar pra casa e a diretora me levava pra sala dela, pra brincar comigo e eu não ficar triste, hein?! Hein?!”, dispara Paloma, deixando Cadinho com dor no coração.

0 comentários:

Postar um comentário