Marcadores:

Deslizamentos de barreiras matam 3 na Grande Recife

As chuvas que caem desde a noite desta quarta-feira provocaram uma tragédia na região metropolitana do Recife. Gleice Ferreira dos Santos, de 20 anos, e o filho dela, Diogo Gabriel Ferreira do Amaral, 1 ano, morreram vítimas do deslizamento de uma encosta. A família morava no município do Cabo de Santo Agostinho, a 32 km da capital pernambucana.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a encosta teria deslizado sobre o quarto onde dormiam a mãe e a criança. Eles ainda chegaram a ser socorridos, mas não resistiram. Informações não confirmadas indicam que a mulher poderia estar grávida. Os corpos da mulher e do bebê foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

A queda de outra barreira também foi registrada no bairro de Águas Compridas, município de Olinda, também no Grande Recife. Socorristas do Corpo de Bombeiros encontraram no local o corpo de uma jovem de aparentemente 19 anos, que ainda não teve o nome divulgado.

No bairro do Ibura, na zona oeste da cidade do Recife, 3 pessoas ficaram feridas no deslizamento de mais uma barreira. Não se tem notícia de nenhuma vítima fatal naquela região.

Segundo informações do Instituto Nacional de Metereologia, das 18h de ontem às 6h desta quinta-feira, foram registrados 117 mm de chuva na região metropolitana do Recife. O índice é o maior do ano.

0 comentários:

Postar um comentário