Marcadores:

Eurocopa 2012 (Grupo B) - 3ª rodada: Com dois de CR7, Portugal vence, elimina a Holanda e vai às quartas

Cristiano Ronaldo ainda não tinha dado o ar da graça na Eurocopa 2012. Nos dois jogos anteriores, gols perdidos e muitas críticas. Neste domingo, na última rodada do Grupo B, CR7 mostrou porquê é um dos melhores jogadores do mundo. Em Carcóvia, na Ucrânia, o jogador marcou duas vezes na vitória de Portugal por 2 a 1 sobre a Holanda, de virada. De quebra, os lusos ainda eliminaram os holandeses, que não marcaram um ponto sequer na chave.

Com a vitória, os portugueses encerraram a primeira fase na segunda colocação do Grupo B, com seis pontos. Na próxima fase, na quinta-feira, os lusos vão encarar a República Tcheca, que foi a primeira colocada no A. A Alemanha, que venceu a Dinamarca (2 a 1), vai encarar a Grécia nas quartas de final da Eurocopa, na sexta-feira.

Mas não foram apenas os gols que chamaram a atenção na atuação de CR7. Assistências, arrancadas, bombas de fora da área... Tudo o que ele está acostumado a fazer no Real Madrid. Até então, o craque ainda não tinha desfilado o repertório na Eurocopa.

Fora o futebol, o atacante seguiu com a mesma vaidade de sempre. Além de se olhar no telão a cada lance no ataque, o luso desfilou penteados diferentes no confronto. No primeiro tempo, madeixas esvoaçantes. Na etapa final, gelzinho e penteado repartido de lado. Tudo ao melhor estilo Ronaldo. Cristiano Ronaldo.

Holanda abre o placar, mas CR7 deixa tudo igual

A escalação da Holanda era ofensiva. Precisando vencer por uma diferença de dois gols e por um triunfo da Alemanha, a equipe entrou em campo com cinco atletas ofensivos no meio de campo e no ataque. E nos primeiros minutos, a posse de bola de 75% mostrava o domínio da "Laranja".

Aos dez minutos, à la Robben, Van der Vaart recebeu pelo lado direito da área, cortou para o meio e bateu colocado de canhota para vencer o goleiro Rui Patrício. Portugal respondeu com um lance semelhante, mas CR7 não acertou o alvo.

O atacante dominou pelo lado esquerdo, cortou para a meia-lua e finalizou no contrapé de Stekelenburg. A bola beliscou a trave e saiu pela linha de fundo. No minuto seguinte, Helder Postiga aproveitou passe errado de Van der Wiel, invadiu a área e chutou para defesa do arqueiro holandês. A partir daí, os lusos passaram a comandar as ações em Carcóvia.

Melhor na partida, Portugal empatou com Cristiano Ronaldo, que desencantou na Euro. Aos 27, João Pereira percebeu a entrada do atacante nas costas dos defensores holandeses e fez um lindo lançamento. CR7 invadiu a área e tocou na saída do goleiro: 1 a 1.

Em sua melhor atuação na Euro, CR7 comandava as ações de Portugal. Aos 32, ele soltou a bomba da intermediária e Stekelenburg fez uma linda defesa. Dois minutos depois, após escanteio, o atacante cabeceou para fora. Por pouco a virada.

Treinador holandês dá bronca em Robben na saída para o intervalo


Além do lateral-esquerdo Willems, que levou uma dura do assistente da Holanda, o ex-jogador Philip Cocu, o atacante Robben também tomou uma bronca na saída para o intervalo.

Apagado na partida, o atacante levou uma chamada de Bert van Marwijk ainda no gramado. O treinador não esperou nem chegar ao vestiário para chamar a atenção da estrela, que mesmo assim não acendeu durante todo o confronto.

CR7 decreta eliminação da Holanda

As duas equipes não voltaram para o segundo tempo com o mesmo ímpeto da etapa inicial. Enquanto os holandeses buscavam desesperadamente mais dois gols para abrir dois de vantagem, os portugueses tentavam garantir um resultado ainda melhor nos contra-ataques.

Aos 26, Cristiano Ronaldo puxou contra-ataque, invadiu a área e tocou para Nani completamente livre. O atacante bateu de primeira e Stekelenburg fez uma linda defesa. Irritado com o lance, o técnico Paulo Bento deu um murro no banco de reservas.

Porém, aos 29, não teve jeito. Cristiano Ronaldo aproveitou lançamento de Nani, cortou um defensor e teve tranquilidade para tocar na saída de Stekelenburg. Após o gol da virada, a Holanda acordou e buscou o empate. Van der Vaart fez uma bela jogada e finalizou na trave de Rui Patrício, aos 36 minutos do segundo tempo.

No fim, aos 44, Cristiano Ronaldo puxa contra-ataque, cortou um defensor e chutou de fora da área. A bola estourou na trave de Stekelenburg. O lance coroou a atuação de gala de Cristiano Ronaldo no duelo deste domingo em Carcóvia. Valeu o ingresso.

0 comentários:

Postar um comentário