Marcadores:

Longe da família, Valdívia inicia tratamento psicológico no Verdão

Os próximos dias serão decisivos na história do meio-campista Valdívia como jogador do Palmeiras. Depois de conceder uma entrevista coletiva, na quinta, para explicar o episódio do traumatizante sequestro relâmpago sofrido na semana passada, o chileno já agendou horário na clínica de psicologia indicada pelo clube e, longe da família, tentará retomar sua rotina normal.

"Eu passei muitos dias mal. Foi muito difícil para mim esse tempo, onde o sequestrador ameaçou várias vezes em tirar a minha vida e a vida da minha mulher. Eu vim aqui para falar disso e para mim é difícil achar as palavras certas, porque não é questão de perder um gol, um pênalti, é de se ver entre a vida e a morte", comentou Valdívia, que deixará esposa e filhos no Chile e seguirá vivendo solitário no Brasil, por pelo menos mais duas semanas.

A esposa do jogador, Daniela, já definiu que permanecerá em Santiago ao lado dos familiares e também dos dois filhos do casal, sem chance de retorno ao Brasil. Valdívia garantiu que tentará fazê-la mudar de idéia, mas reconhece a dificuldade da missão: "Ela precisa de apoio, está muito mal pelo que aconteceu. Não sei se ela vai querer sair do Chile. Eu sei que vocês querem que eu fale outra coisa, mas eu não sei. Só posso dizer que está difícil, está tudo difícil".

Transtornado, o jogador pretende voltar aos treinos na Academia de Futebol já nesta sexta, para receber apoio dos companheiros e se fortalecer mentalmente após o retorno ao Brasil. Tendo recusado a presença de um segurança particular ao seu lado 24 horas por dia, Valdívia garante que o tratamento psicológico será crucial em todo esse processo.

"Minha rotina de vida será diferente de outros jogadores. Hoje eu agradeço muito a esse apoio que o Palmeiras me deu e continua dando, porque o pessoal da segurança tem se comportado muito bem, e eu já tenho hora marcada com um psicólogo. Isso com certeza vai ajudar para me acalmar", pontuou o Mago.

0 comentários:

Postar um comentário