Marcadores:

Daniele Suzuki faz campanha contra hospital depois de pagar R$ 1.682

A atriz Daniele Suzuki contou em seu blog que ficou revoltada depois de pagar R$ 1.682,73 por um atendimento ao filho Kauai, de 1 ano, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo Daniele, ela teve de pagar o valor por um atendimento de quatro horas.

A atriz contou o ocorrido em seu blog na segunda, 30. "Pois é... Estive em São Paulo gravando meu novo programa do Multishow e fiquei lá por 15 dias. Estava bastante frio e Kauai ficou gripado. Como eu só tinha um dia de folga resolvi levar o Kauai em algum lugar para ser observado e ser medicado corretamente já que eu iria passar os outros dias inteiros trabalhando. Uma amiga me indicou a Clínica Einstein na av. Rebública do Líbano. Liguei e perguntei se aceitava meu plano de saúde, fui informada que sim. Cheguei lá depois de uma demora em fazer a ficha fui informada que deveria pagar e teria o reembolso do meu plano, enfim aceitei. Kauai foi examinado e deram uma dose de Novalgina para ele, pois estava febril. A médica me pediu apenas meia hora pra fazer um rápido exame pra ver se ele tinha um vírus da gripe, disse que um enfermeiro iria coletar uma amostra e limpar o nariz dele com soro. Gentilmente me sugeriram que me sentasse numa cadeira mais confortável com meu bebê já que iria mamar e claro aceitei, em menos de dois minutos me sugeriram me deitar com o bebê numa maca ao lado com uma cortininha pra ele ficar mais à vontade. Clínica vazia, estavam sendo muito gentis... Depois de quatro horas, já tendo o resultado negativo do tal vírus e após aguardar mais 40 minutos pelo enfermeiro que esqueceu de limpar o nariz do bebê, saí de lá com meu filho com apenas uma friagem e um nariz escorrendo".

Na sequência do post, Daniele detalhou a cobrança do hospital. "A CONTA: R$ 1.682,73. R$ 451,28 pela assistência médica, R$ 77,69 pelo enfermeiro, R$ 404,72 pela pesquisa rápida Influenza, R$ 46 Coleta Material, R$ 8,35 Novalgina, R$ 0,88 soro fisiológico. E aí vem o golpe: R$ 693,28 equivalente a três horas do leito mais 1 hora adicional. Leito aquele oferecido gentilmente para eu me sentar, quê???" No final do post, Daniele ainda escreveu: "Gentileza não gera gentileza. Na boa, aproveitar a doença dos nossos filhos para encher os bolsos? Comigo nunca mais... Se liga gente", finalizou.

Em nota, o hospital reconheceu o erro na conta. "A queixa da Sra. Daniele Suzuki procede, pois apesar do problema com a conta ter sido identificado ao final do atendimento, a cobrança foi enviada sem a devida correção". Segundo a assessoria de imprensa do local, o boleto foi cancelado e um novo foi emitido com o valor correto, que não foi divulgado.

0 comentários:

Postar um comentário