Marcadores:

Delegado diz que tiros que mataram empresário foram a curta distância

A Polícia Civil afirmou que os disparos dos policiais militares que mataram o empresário Ricardo Prudente de Aquino, na Zona Oeste de São Paulo, na noite de quarta-feira (18), foram dados a curta distância e que houve falha operacional na conduta dos PMs. A corporação já tinha admitido mais cedo que há indícios de falhas na conduta do cabo e dos dois soldados. Eles foram autuados em flagrante por homicídio doloso e levados para o Presídio Militar Romão Gomes, na Zona Norte.

0 comentários:

Postar um comentário