Marcadores:

Joel elogia Adryan e admite que revelação pode ser titular no Fla-Flu

Quem assistiu aos 90 minutos de Flamengo 3 x 2 Atlético-GO, neste domingo, pode afirmar com todas as letras que a equipe rubro-negra teve uma postura completamente diferente em campo no segundo tempo. E muito em função da entrada do meia Adryan, autor do gol da virada sobre o time goianiense. Com atuação segura e convincente, o jovem meia, de apenas 17 anos, tratado como joia rara já há algum tempo na Gávea, pode ter garantido sua vaga para o Fla-Flu do próximo domingo, novamente no Engenhão.

"Pode ser titular, sim. Vamos ver o desenvolvimento dele durante a semana, eu acho que o treinador adversário (Hélio dos Anjos) teve uma surpresa, pois não deve conhecer o jogador bem, e quando ele foi ver, já estava três gols (para o Flamengo)", explicou o técnico Joel Santana, ainda reticente, contudo, sobre o fato de o jovem jogador poder assumir a camisa 10 rubro-negra após a saída de Ronaldinho.

"Ele pode ser sim, quem sabe. Tem uma semana para a equipe trabalhar para o grande clássico, vamos ver", completou o treinador sobre a partida que marca os 100 anos do clássico contra o Fluminense, um dos mais tradicionais do futebol carioca e brasileiro.

Joel fez questão também de elogiar o gol marcado pelo jovem meia, após bom cruzamento de outra prata da casa: o meia Luiz Antônio, que no segundo tempo, com a saída de Wellington Silva, atuou improvisado na lateral direita.

"Foi boa a entrada do garoto, entrou desinibido. Entrou com personalidade, com criatividade e fez um gol difícil de ser feito, uma chapada de bola. Você pegar uma bola cruzada pelo lado direito, para quem sabe, é difícil fazer uma chapada daquela", voltou a elogiar. "Os garotos vão entrando devagarzinho, vamos desenvolver com calma e tranquilidade. Ele ter entrado bem dá um estímulo maior", completou o treinador.

A vitória diante do Atlético-GO foi a terceira da equipe no Campeonato Brasileiro, somando agora 12 pontos, a apenas dois do G4. "Era muito importante a equipe vencer. Por todas estas turbulências, por tudo o que está sendo colocado, e que a gente respeita, mas se você coloca, essa é a 27ª partida que eu faço, nós vencemos 16, empatamos cinco e perdemos seis. São 65% de aproveitamento. Mas as coisas no Flamengo são mais difíceis mesmo, não tem jeito", finalizou Joel.

0 comentários:

Postar um comentário