Marcadores:

Seedorf chega ao Botafogo após temporada com 30 jogos pelo Milan

Vinte anos em alto nível no futebol europeu, a quarta colocação na Copa do Mundo de 1998, na França, e um talento inquestionável. Esses predicados pertencem ao holandês Clarence Seedorf, maior contratação do Botafogo nos últimos anos. O jogador vai defender o clube carioca nos próximos dois anos, depois de 10 temporadas com a camisa do Milan-ITA, pelo qual conquistou até um título mundial de clubes, em 2007, o segundo de sua carreira - já havia sido campeão da competição em 1998, com o Real Madrid-ESP, após a final contra o Vasco.

Na última temporada pelo Milan (2011/2012), Seedorf atuou 30 vezes e marcou três gols. Para efeito de comparação, este ano o Botafogo pode fazer, desde sua provável estreia, dia 22, contra o Grêmio, até o fim do ano, 38 jogos, caso chegue à final da Copa Sul-Americana. No Milan, o maior número de partidas disputadas pelo holandês em uma temporada foi 51, em 2006/2007, segundo informações do site oficial do clube italiano Ao longo dos dez anos que passou por lá foram 432 jogos, com 62 gols.

No fim do Campeonato Italiano, Seedorf chegou a se desentender com o técnico Massimiliano Allegri. Logo depois, ele confirmou o fim de seu ciclo no Milan. O jogador disputou seu último jogo com a camisa do clube na vitória por 2 a 1 sobre o Novara, no dia 13 de maio, na rodada de encerramento da competição.

Aos 36 anos, Seedorf, que nasceu no Suriname, vestiu a camisa de cinco clubes em sua carreira até hoje. Depois de estrear pelo Ajax-HOL, com apenas 16 anos, em 1992, foi contratado pelo Sampdoria-ITA em 1995. No ano seguinte, já estava no Real Madrid, pelo qual jogou durante três temporadas e meia. Depois disso, voltou para a Itália, defendendo o Internazionale até 2002, quando se transferiu para o arquirrival Milan, seu último clube antes de decidir aceitar a proposta do Botafogo.

Com um currículo invejável, Seedorf ainda contabiliza quatro títulos da Liga dos Campeões (Ajax 1994/95, Real Madrid 1997/98, AC Milan 2002/03, 2006/07). Ele também foi campeão holandês, espanhol e italiano. Só não conquistou títulos com a camisa de Sampdoria e Internazionale.

Entre seus prêmios individuais, estão duas indicações para o time do ano eleito pela Uefa. Em 2007, inclusive, foi eleito o melhor jogador de meio-campo da Europa. Em 2004, entrou em uma lista dos 125 melhores jogadores vivos eleitos por Pelé e organizada pela Fifa.

Fora de campo, Seedorf, casado com a brasileira Luviana e pai de quatro filhos, tem uma fundação chamada Champions For Children, a empresa de gerenciamento esportivo On International e ainda é dono do restaurante Fingers. Ele tem um apartamento na Zona Sul do Rio, onde costumava passar férias. Agora, a cidade se transformará em sua residência pelos próximos dois anos.

0 comentários:

Postar um comentário