Marcadores:

Ferrari de US$ 324 mil sem seguro vira símbolo de operação policial

A Scotland Yard expõe até esta sexta-feira (28), em frente a sua sede, em Londres, no Reino Unido, um exemplar da Ferrari FF, avaliada em US$ 324 mil, apreendida em operação por não ter o seguro obrigatório pago. O carro tem a mensagem "veículo sem seguro apreendido pela polícia". De acordo com a autoridade policial, o esportivo foi pego com seu dono andando de modo ilegal no início do mês e o proprietário, de 28 anos, ainda não tentou reaver o veículo.

Desde o início da ofensiva, em outubro de 2011, cerca de 37 mil veículo já foram presos na intervenção, chamada de "Operação Cubo", que termina nesta sexta-feira. Cerca de 800 oficiais foram mobilizados para localizar os veículos circulando de modo ilegal. Além de apreender carros, a operação também prendeu cerca de 750 pessoas por uma série de crime.

Esportivo de 660 cv
A FF, abreviação de Ferrari Four, é substituta da 612 Scaglietti e recebeu esse nome por ser a primeira Ferrari a contar com tração nas quatro rodas, desenvolvida completamente pela fabricante italiana. Segundo a Ferrari, o sistema 4RM é 50% mais leve do que um normal. Além disso, tem capacidade para quatro pessoas.

O modelo traz sob o capô o novo motor 6.3 V12 com injeção direta e 660 cv de potência a 8.000 rpm. Com o auxílio da transmissão de dupla embreagem utilizada em competições, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos e alcança velocidade máxima 335 km/h

0 comentários:

Postar um comentário