Marcadores:

Líder e lanterna trocam de Papéis por um dia, e Dragão bate o Fluminense

Pareceu um daqueles filmes em que dois personagens trocam de corpo. O Atlético-GO, lanterna, jogou neste sábado como se tivesse a tranquilidade dos líderes. O Fluminense, primeiro colocado, atuou como se o mundo pesasse sobre seus ombros. A consequência natural da inversão de papéis foi a vitória do Dragão por 2 a 1 em Volta Redonda.

O resultado quebrou uma série de 12 jogos sem derrotas do Fluminense, que vinha de três vitórias consecutivas no Campeonato Brasileiro. O Atlético-GO não vencia há seis partidas. Foi a primeira derrota tricolor em casa e a primeira vitória rubro-negra como visitante na competição.

- O time do Atlético veio, se fechou. Nosso time não jogou o que vem jogando. Uma hora a gente ia perder. Temos que colocar a cabeça no lugar e reconhecer nossos erros - disse Thiago Neves.

Os dois gols do triunfo goiano aconteceram no primeiro tempo. Diego Giaretta e Reniê foram os autores. O Flu, pouco efetivo no ataque (sem Fred, suspenso), descontou na etapa final, com Michael.

- Fiz um gol e conseguimos a vitória. O Wellington Nem é um dos pontos fortes do Fluminense e fui incumbido de marcá-lo. Acabei fazendo várias faltas, mas o árbitro foi justo - analisou Diego Giaretta.

Com o resultado, a liderança dos cariocas está ameaçada. Se o Atlético-MG vencer o Náutico nos Aflitos neste domingo, às 16h, irá a 54 pontos, um a mais do que o Fluminense. O Dragão, com 20, segue em último, mas agora empatado em pontos com o Palmeiras.

0 comentários:

Postar um comentário