Marcadores:

Liga dos Campeões (Grupo F): Quatro meses depois, Bayern supera trauma, Diego Alves e bate o Valencia


Há exatos quatro meses, na Allianz Arena, o Bayern de Munique vivia um drama, ao perder para o Chelsea, em seu estádio, a decisão da Liga dos Campeões na disputa por pênaltis. Nesta quarta-feira, no mesmo palco, o clube alemão deu um bico no trauma e iniciou com o pé direito a sua caminhada na atual edição do torneio. E coube justamente a Schweinsteiger, um dos vilões da final por ter desperdiçado uma penalidade contra o time inglês, marcar um dos gols da vitória alemã por 2 a 1 sobre o Valencia, que contou com os brasileiros Jonas e Diego Alves entre os titulares. Toni Kross fez o segundo, enquanto Valdés descontou para os espanhóis.
A vitória poderia ser mais elástica, tamanha a pressão do Bayern durante todo o jogo. Diego Alves, porém, estava em noite inspirada. O goleiro da seleção brasileira fez pelo menos quatro difíceis defesas, além de pegar um pênalti, evitando uma goleada bávara.
O time alemão contou com o zagueiro Dante entre os titulares. Foi a estreia do brasileiro em jogos da Liga dos Campeões. Luis Gustavo, por sua vez, começou no banco e atuou pouco mais de 20 minutos na etapa final. O outro brasuca, o lateral Rafinha, sequer foi relacionado pelo técnico Jupp Heynckes.
A vitória por 2 a 1 sobre o Valencia foi importante, mas não suficiente para colocar o Bayern de Munique na liderança do Grupo F da Liga dos Campeões. O BATE Borisov, da Bielorrússia, venceu o Lile por 3 a 1 e lidera a chave pelo saldo de gols. Na próxima rodada, no dia 2 de outubro, o time alemão enfrenta o BATE, fora de casa. Já os espanhóis têm o Lille pela frente, no Estádio Mestalla.

0 comentários:

Postar um comentário