Marcadores:

Novo Audi R8 quebra paradigma no Brasil com câmbio manual

A Audi anunciou nesta sexta-feira (14) que passa a comercializar no Brasil o R8 Special Edition, versão limitada do cupê que chega por R$ 558 mil, tornando-se assim o mais barato da linha – o mais caro é o GT Spyder, por R$ 1,2 milhão.

O Audi R8 Special Edition traz como diferenciais o câmbio manual – com alavanca e empunhadura em alumínio – de seis marchas, enquanto os demais são oferecidos apenas com a transmissão R-Tronic, automatizada de embreagem simples e seis marchas. O motor é o mesmo 4.2 V8 FSI, mas retrabalhado para saltar dos originais 426 cavalos e 43,8 kgfm de torque para 450 cv e 46 kgfm de torque. O ganho é consequência da instalação de filtros de ar especiais (para maior admissão de ar) e escapamento esportivo, além da abertura de válvulas a partir das 3.000 rotações.

Segundo a marca, a aceleração até os 100 km/h é feita em 4,2 segundos (ante 4,6 segundos do modelo “convencional”) e a velocidade máxima é de 310 km/h.

Todo R8 Special Edition vem na cor branca, e cada uma das 15 unidades trazidas ao país têm o número de série estampado no painel. Externamente, o modelo traz pinças de freio na cor vermelha, logo “R8” em branco e rodas aro 19 em preto fosco. O compartimento do motor, segundo a marca, ganhou iluminação.

Entre os equipamentos, estão retrovisores externos eletricamente ajustáveis, rebatíveis, aquecíveis e com função antiofuscamento automática, faróis bi-xenônio com limpador, volante multifuncional, ar-condicionado digital, computador de bordo, bússola, acabamento interno “platinum” (que inclui pacote de luzes, mais oferta de couro e teto moldado em tecido), bancos dianteiros com ajuste elétrico, airbags frontais e laterais, sistema de som Bang & Olufsen e sensores de luz, chuva e de estacionamento dianteiro e traseiro (com câmera de ré e gráfico).

0 comentários:

Postar um comentário