Marcadores:

Camp. Carioca: O retorno de Renato: camisa 11 faz dois e dá vitória ao Fla sobre o Olaria


A camisa 11 do Flamengo voltou a brilhar na noite deste sábado, mas desta vez não foi com Rafinha. Como não há numeração fixa neste início de temporada, o novo xodó da torcida cedeu o número que vinha usando para Renato, o antigo dono. De volta ao time titular na vaga de Elias, o meia retornou inspirado e, em lances de bola parada, fez os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre o Olaria, em Volta Redonda. O primeiro teve assistência de Carlos Eduardo, que cobrou falta em direção à área - e se mostrou melhor fisicamente em seu segundo jogo. O outro saiu em uma bela cobrança de falta, com muito efeito.

A partida, que nada valia para o Flamengo em termos de classificação, teve a estreia de Gabriel e Alex Silva. Ambos entraram no segundo tempo para atuar diante de 4.712 pagantes (6.653 presentes) no Raulino de Oliveira - a renda foi de R$ 60.840. O meia-atacante, que passou por um longo trabalho de reforço muscular, movimentou-se bastante, mas não teve chance de gol. Já o zagueiro, de volta ao clube depois de passar por uma séria lesão no Cruzeiro, jogou ao lado de Wallace, mas ainda demonstra falta de ritmo e entrosamento.

- A gente consegue corresponder àquilo que o treinador pede. E, ainda mais com dois gols, é maravilhoso. Sei que o Elias vai voltar à equipe. Acho que dá (para jogar junto com Elias), mas o técnico é que sabe a melhor formação para a equipe. Se puder jogar 90 minutos, ou 15 minutos, ou dar uma palavra no vestiário, quero ajudar. Pude contribuir e fico feliz. Sei que posso sempre dar mais. É bom saber que, quando entra, pode corresponder - comemorou Renato.

Já classificado com a melhor campanha do turno para a semifinal da Taça Guanabara, o Flamengo chegou a 22 pontos e agora aguarda a conclusão da rodada neste domingo para saber seu adversário no mata-mata. Por ser o líder do Grupo B, terá a vantagem do empate contra o segundo colocado do Grupo A. Na outra semifinal, o vencedor do Grupo A enfrentará o vice do Grupo B.

O Olaria é o oposto do Rubro-Negro até agora: tem a pior campanha entre os 16 participantes Soma três pontos e terá o segundo turno para lutar contra o risco de rebaixamento. O primeiro adversário na Taça Rio será o Madureira, no dia 17 de março, às 16h (de Brasília), na Rua Bariri.

- Ainda temos sete jogos. Vamos agora para uma intertemporada com o professor Luiz Antônio. Perdemos o jogo com duas bolas paradas. Tivemos chances de empatar, mas perdemos as oportunidades - observou Calisto, ex-Vasco, lateral-esquerdo do Olaria.

0 comentários:

Postar um comentário