Marcadores:

Camp. Italiano: Roma vence o Juventus e presenteia o Napoli, que pode encostar no líder


 
O Napoli está em "dívida" com o Roma. A equipe da capital venceu o Juventus por 1 a 0, neste sábado, pela 25ª rodada do Campeonato Italiano, e agora os napolitanos podem ficar a dois pontos da Velha Senhora. Para isso, baste vencer o Sampdoria neste domingo. O Alvinegro, que lidera o Calcio com 55 pontos, sofreu a sua quarta derrota na competição.

O Roma termina o sábado perto da zona de classificação para as competições europeias. O time chegou a 37 pontos e ganhou duas posições, subindo para a 7ª colocação. Contudo, Udinese e Catania, ambos com 36, poderão recuperar os postos caso vençam Genoa e Bologna, respectivamente.


O primeiro tempo não foi digno da tradição das duas equipes. O Juventus foi superior, mas praticamente não chutou a gol. A dupla de ataque formada por Vucinic e Matri, que funcionou contra o Celtic no meio de semana, em jogo das oitavas da Liga dos Campeões, esteve nula contra o Roma.

Osvaldo, aos seis minutos, fez jogada em diagonal e tentou um chute, mas Buffon não teve problemas para segurar. Aos 18, Pirlo cobrou falta, e o goleiro fez uma defesa difícil, com a ponta dos dedos. E foram as únicas chances perigosas. Na segunda etapa, o técnico Antonio Conte promoveu mudanças ofensivas. Na primeira delas, Vucinic saiu para a entrada de Giovinco.


Dois minutos após a substituição, todavia, o Roma abriu o placar. Totti, de fora da área, chutou no ângulo. Bonito gol do capitão. A equipe da capital cresceu com o gol e foi muito melhor no segundo tempo. Conte tentou partir para o desespero e promoveu a entrada de Anelka, que fez sua estreia no Campeonato Italiano.

O experiente atacante francês entrou aos 25, no lugar de Vidal. O Alvinegro ganhou uma referência no ataque, mas perdeu uma no meio de campo. Ou seja, as mudanças não causaram efeito. No último minuto, houve um escanteio para a Velha Senhora. O goleiro Buffon foi para a área, mas antes que a cobrança pudesse ser efetivada, o árbitro encerrou o jogo, ouvindo muita reclamação de toda a delegação alvinegra.

0 comentários:

Postar um comentário