Marcadores:

Eliminatórias - América do Sul: Equador sai atrás, mas consegue goleada sobre o Paraguai em Quito

Montero foi o grande destaque do Equador na goleada por 4 a 1 em cima do Paraguai
Com as arquibancadas do Estádio Olímpico de Quito lotadas, a seleção do Equador saiu atrás do placar, mas mostrou força e goleou o lanterna Paraguai, por 4 a 1, retomando, ao menos temporariamente, a vice-liderança das eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2014. Com 20 pontos conquistados em 10 jogos, os equatorianos passaram a Colômbia, que tem 19, mas joga ainda nesta terça-feira, contra a Venezuela, fora de casa.

O destaque da partida foi o atacante Jefferson Montero, que marcou duas vezes e ainda deu a assistência para o gol de Cristian Benitez. O artilheiro Felipe Caicedo fez o outro gol do Equador. Luis Caballero descontou para o Paraguai, que segue sem vencer fora de casa.

Na próxima rodada, o Equador irá até Lima enfrentar o Peru, no dia sete de junho. Já o Paraguai receberá o Chile, em Assunção, para tentar se recuperar nas eliminatórias.
  
Equador leva susto, mas goleia

Lantera das eliminatórias, o time do Paraguai começou surpreendendo o Equador e abriu o placar logo aos 15 minutos de jogo: após bate e rebate na área, o atacante Luis Caballero bateu firme para fazer 1 a 0.
No entanto, empurrado pela torcida, que lotou o Estadio Olimpico de Quito, o Equador iniciou uma enorme pressão e conseguiu empatar ainda no primeiro tempo, aos 38 minutos, com o artilheiro Felipe Caicedo, de cabeça.

Na volta do intervalo, o Equador continou pressionando e virou o placar logo aos 4 minutos. Christian Noboa cobrou falta rápida e achou Jefferson Montero com liberdade no lado esquerdo. Ele invadiu a área e bateu cruzado para marcar 2 a 1 para os donos da casa. Cinco minutos depois, Montero fez mais uma boa jogada pelo lado esquerdo e cruzou na cabeça de Cristian Benitez, que ampliou a vantagem para o Equador: 3 a 1.

Aos 30 minutos, Jefferson Montero apareceu novamente para fechar o placar. Após boa jogada da esquerda para o meio, o atacante arriscou chute da entrada da área, que saiu fraco, mas fora do alcance do goleiro Paraguaio, Diego Barreto: fim de jogo com vitória do Equador por 4 a 1.

0 comentários:

Postar um comentário