Marcadores:

Liga dos Campeões (Oitavos-de-Final): CR7 marca, não comemora, e Real Madrid elimina United na Champions

Cristiano Ronaldo festeja de forma tímida o gol da classificação do Real (Foto: Getty Images)
No reencontro de Cristiano Ronaldo com sua antiga torcida, o craque português deixou o sentimentalismo de lado. Ovacionado antes do jogo, mas vaiado assim que a bola começou a rolar, o atacante do Real Madrid foi decisivo ao fazer o gol da vitória dos merengues sobre o Manchester United por 2 a 1, fora de casa, que garantiu os espanhóis nas quartas de final da Liga dos Campeões.

Entretanto, tudo poderia ser diferente se não fosse um lance capital no segundo tempo. Aos dez minutos, quando o United vencia por 1 a 0, Nani foi expulso após uma entrada violenta em Arbeloa, que acabou substituído por Modric. A partir de então, o Real Madrid, comandado pelo meia croata, autor do primeiro gol, pressionou até a virada e depois segurou o resultado, transformando o milésimo jogo de Ryan Giggs pelos Diabos Vermelhos em frustração com a eliminação.

A entrada do veterano meia galês, aliás, foi polêmica. Ele substituiu Wayne Rooney, que ficou no banco de reservas por decisão do técnico Alex Ferguson, sob a alegação de que o atacante não tinha condições físicas para atuar a partida inteira. Quando o camisa 10 entrou, aos 27 minutos, já era tarde demais.
O adversário do Real nas quartas de final só sai no sorteio do próximo dia 15. Os jogos de ida serão dias 2 e 3 de abril, enquanto a decisão das vagas nas semifinais será uma semana depois, dias 9 e 10 do mesmo mês. A disputa pelo título será em Wembley, em comemoração aos 150 anos da Federação Inglesa de Futebol.

0 comentários:

Postar um comentário