Marcadores:

Em baixa com colegas, Caio Castro faz exigências e quer aumento na Globo


Em fase de renovação de contrato, Caio Castro e a Globo estão em meio a uma série de negociações que andam de forma devagar por causa de alguns impasses, segundo informa o jornalista Léo Dias.
 
Caio, que foi projetado pela emissora carioca após ganhar o concurso "Casal Malhação", do "Caldeirão do Huck" em 2007, estaria fazendo uma série de exigências, das quais também fazem parte um aumento de salário.
 
Os vencimentos atuais do ator estariam na casa dos R$ 12 mil mensais, cifra que é aproximadamente o triplo de um ator de "Malhação" mas muito mais baixo que estrelas do primeiro time, que oscila entre R$ 50 e R$ 100 mil - faixa a qual se encontram os salários de Lilia Cabral, Adriana Esteves e Grazi Massafera. Poucos nomes, como Fernanda Montenegro, costumam passar deste teto.
 
Em tempo:
 
Caio Castro vem atravessando uma fase complicada tanto na Globo como diante da opinião pública. O ator tem interesses em desenvolver suas habilidades artísticas e para isso quer passar um tempo longe das novelas. Ele é um dos cotados para protagonizar "Saber Viver", de Rui Vilhena, mas já teria mostrado intenção de recusar o projeto para se concentrar no novo quadro que terá no "Caldeirão".
 
Outro fato que também prejudicou a imagem do galã global foi a entrevista concedida a Marília Gabriela, quando afirmou não gostar de ler e de ir a peças teatro.
 
Vários ícones do meio artístico se posicionaram quanto o assunto. Ingrid Guimarães e Miguel Falabella, por exemplo, foram alguns dos que mais atacaram as declarações do ator. "Esse tipo de gente não interessa e ponto. Você só erra quando o chama de ator, querida. Não é ator. É desinibido", disse o roteirista de "Aquele Beijo" e o famoso Caco Antibes do "Sai de Baixo".
 

0 comentários:

Postar um comentário